Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
62 dias
06 mai
Próximo evento em
104 dias
20 mai
Próximo evento em
118 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
132 dias
10 jun
Próximo evento em
139 dias
24 jun
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
160 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
174 dias
29 jul
Próximo evento em
188 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
216 dias
02 set
Próximo evento em
223 dias
09 set
Próximo evento em
230 dias
23 set
Próximo evento em
244 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
251 dias
07 out
Próximo evento em
258 dias
21 out
Próximo evento em
272 dias
28 out
Próximo evento em
279 dias
05 nov
Próximo evento em
287 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
300 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
315 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
324 dias

Vettel: "O outro carro é muito mais rápido, não sou idiota"

compartilhar
comentários
Vettel: "O outro carro é muito mais rápido, não sou idiota"
Por:

Piloto alemão diz, pela primeira vez no ano, que pode haver um favorecimento da Ferrari a Charles Leclerc

Sebastian Vettel passa por um ano diferente. Acostumado a andar entre os primeiros, o tetracampeão mundial não consegue ter bons desempenhos com sua Ferrari e está consideravelmente atrás de Charles Leclerc no campeonato, são 18 pontos do alemão contra 75 do monegasco. Mesmo que não seja o melhor ano da escuderia de Maranello, Leclerc conquistou dois pódios e chegou em quarto no GP de Portugal deste domingo (25). Vettel ficou na décima colocação e questionou a própria equipe sobre um suposto favorecimento ao companheiro.

"Não estou feliz por marcar um ponto. Não estou aqui para marcar apenas um ponto", disse ele à RTL alemã. “O carro estava muito difícil de dirigir durante a corrida. Perdi aderência repentinamente. Foi muito difícil ganhar confiança. Fiz voltas boas e ruins, nem um pouco constantes. Falta de consistência. Não sei se devo falar mais, mas é melhor não. Já tentei de tudo. "

Leia também:

O piloto só conseguiu entrar na zona de pontuação ao ultrapassar Kimi Raikkonen nas últimas voltas da corrida. Foi apenas a sexta corrida em 12 disputadas que Vettel pontuou, nenhuma delas dentre os cinco primeiros.

Quando questionado se é possível recuperar a confiança no carro de 2020 neste momento, ele respondeu: "Tento conseguir o que é possível. Tenho sentimentos confusos, por um lado, estou satisfeito porque tive a sensação de ter feito uma boa corrida. Tive um mau começo e quase perdi o carro duas ou três vezes. Depois disso, fiz uma boa corrida."

"No entanto, é óbvio que o outro carro é muito mais rápido nos trechos onde perco tempo, é possível ver na telemetria. Um idiota não conseguiria ver onde está errando, e eu não sou idiota. Em algum momento, o piloto tem sorte e acerta, eu não. E se consigo, é com grande dificuldade. Para o outro, é tudo mais fácil", completou.

"Tenho que apenas olhar para mim mesmo, mas é claro que dói. Especialmente porque minhas expectativas são maiores do que as dos outros. Eu realmente não me importo com o murmurinho que é criado, mas para mim é difícil processar dentro do carro, porque sou muito ambicioso e estou com muita vontade de conseguir mais”, concluiu.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PÓDIO: Hamilton deixa Schumi para trás e chega à vitória 92; o debate sobre o agitado GP de Portugal

PODCAST: O mercado da F1 para 2021 e os 30 anos do bicampeonato de Senna

 

 

F1: Chefe de equipe da Mercedes explica decisão "contundente" com Bottas

Artigo anterior

F1: Chefe de equipe da Mercedes explica decisão "contundente" com Bottas

Próximo artigo

F1: Verstappen e Pérez trocam farpas após batida em Portugal

F1: Verstappen e Pérez trocam farpas após batida em Portugal
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Portugal
Pilotos Sebastian Vettel
Equipes Ferrari
Autor Jose Carlos de Celis