Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
26 dias
06 mai
Próximo evento em
68 dias
20 mai
Próximo evento em
82 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
96 dias
10 jun
Próximo evento em
103 dias
24 jun
Próximo evento em
117 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
124 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
138 dias
29 jul
Próximo evento em
152 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
180 dias
02 set
Próximo evento em
187 dias
09 set
Próximo evento em
194 dias
23 set
Próximo evento em
208 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
215 dias
07 out
Próximo evento em
222 dias
21 out
Próximo evento em
236 dias
28 out
Próximo evento em
243 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
279 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
288 dias

Wolff afirma que "surpresas" atrasam negociação de novo contrato com Hamilton

Em entrevista à imprensa austríaca, o chefe da Mercedes ainda revelou que testou positivo para Covid-19, mas sem apresentar sintomas

compartilhar
comentários
Wolff afirma que "surpresas" atrasam negociação de novo contrato com Hamilton

A Mercedes segue envolvida com a novela da renovação de Lewis Hamilton para a temporada 2021 da Fórmula 1 (e possivelmente além). O chefe da equipe, Toto Wolff, afirmou em entrevista no último final de semana que o atraso na finalização do novo contrato se deu por algumas "surpresas" que apareceram pelo caminho, mas não tem dúvidas de que tudo será resolvido.

Desde o final da temporada passada, quando Hamilton mudou o tom do discurso sobre a renovação, querendo resolver tudo "antes do Natal", começaram a surgir rumores sobre possíveis impasses na negociação, mas o chefe da Mercedes mantém a calma sobre o caso.

Leia também:

Segundo Wolff, as discussões foram complicadas pelo fato de que ele e Hamilton não conseguiram se reunir presencialmente para discutir os termos, o que tornou a negociação mais lenta.

Em entrevista ao canal austríaco ORF, Wolff disse: "Os advogados estão dando o seu melhor. Não deixamos a vida deles fácil, logicamente. Estamos os dois falando pelo Zoom e mandando surpresas para os advogados. Agora ele está nos Estados Unidos e eu aqui. Em algum momento vamos finalizar isso".

Wolff disse que enquanto a logísticas desacelerou o processo, ele não vê nenhum obstáculo que impedirá a assinatura do contrato.

"Negociações são assim", explicou. "São duas partes em situações distintas, mas isso é normal. Nosso relacionamento tem uma base sólida. Celebramos um grande sucesso juntos e queremos seguir com isso no futuro".

"Mas, de vez em quando, precisamos falar a fundo sobre alguns detalhes, e isso gasta tempo. Mas, no máximo até o Bahrein, precisamos fechar alguma coisa".

Wolff também deixou claro que a boa performance de George Russell no GP de Sakhir, substituindo Hamilton, não foi usado na negociação para ganhar vantagem em cima do heptacampeão.

"Nunca usamos a carta de George Russell. Ele foi muito bem e um dia estará em um carro de ponta, mas nossa parceria de muitos anos não foi formada em cima de gestos ameaçadores. Ambos sabemos que queremos correr juntos. E agora precisamos negociar o contrato".

Wolff revelou ainda que acabou ficando fora de ação por um período recentemente porque testou positivo para Covid-19, passando por um período de isolamento na Áustria".

Falando no último final de semana durante a corrida de ski downhill em Kitzbuhel, ele disse: "Planejávamos ficar aqui apenas por alguns dias. E, do nada, eu testei positivo para Covid. Agora estamos aqui há dez dias".

"Mas tudo está bem. Não tive sintomas, graças a Deus. Poderia ter sido pior, mas já estamos fora do período de quarentena".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

A dois meses da F1 2021, novela de Hamilton com Mercedes tem novos capítulos

PODCAST: Chico Serra esclarece rivalidade com Piquet, amizade com Senna e briga com Raul Boesel

 

Marko vê Ferrari "de volta" em 2021, mas sem ameaçar Red Bull: "Fizemos o necessário para eliminar as fraquezas da equipe"

Artigo anterior

Marko vê Ferrari "de volta" em 2021, mas sem ameaçar Red Bull: "Fizemos o necessário para eliminar as fraquezas da equipe"

Próximo artigo

Sainz espera replicar com Leclerc bom relacionamento que teve com Norris

Sainz espera replicar com Leclerc bom relacionamento que teve com Norris
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Autor Jonathan Noble