MotoGP: Atual campeão, Mir diz que Suzuki "não é o suficiente" para lutar pelo título

Piloto espanhol acredita que equipe precisa chegar ao fundo de seus problemas na classificação

MotoGP: Atual campeão, Mir diz que Suzuki "não é o suficiente" para lutar pelo título

O atual campeão da MotoGP, Joan Mir admitiu que o seu pacote atual com a Suzuki “provavelmente não é suficiente para lutar pelo título” já que “não podia esperar muito mais” do que um terceiro lugar no GP da Holanda

As dificuldades de Mir na classificação em 2021 continuaram em Assen, com o piloto da Suzuki largando da 10ª posição do grid.

Leia também:

Apesar do resultado na sessão classificatória, o atual campeão conseguiu salvar seu terceiro pódio da temporada - o espanhol terminou a corrida da Holanda em terceiro lugar.

Mir reconheceu após a corrida que este pódio antes das férias de verão foi “importante” tanto para ele como para a Suzuki, mas disse que a sua moto atual não é forte o suficiente para defender o título neste momento.

“Acho que será um impulso de energia tentar ser melhor na segunda parte da temporada”, disse.

“Assim com este pacote provavelmente não é o suficiente para lutar pelo título, por isso tenho que trabalhar nisso, trabalhar na moto, trabalhar comigo mesmo, sempre tentar melhorar mais."

“Mas estou muito contente com a corrida no geral porque penso que não podíamos esperar muito mais desta corrida."

“Esses dois caras [Fabio Quartararo e Maverick Viñales] foram muito, muito rápidos durante todo o final de semana. Eles rodaram com a moto muito bem e foi muito difícil estar perto deles."

“Mas fiz o que tinha que fazer nas primeiras voltas, é sempre muito difícil ultrapassar a Honda e as Ducatis, é sempre um pesadelo."

“Mas tentei dar o meu máximo e fazer ultrapassagens inteligentes. Claro, estou sempre lutando para ultrapassar as Ducatis, então talvez algumas ultrapassagens estejam um pouco no limite."

“Eu nunca toco [ninguém], mas sempre faço algum bloqueio para eles, sinto muito por essas ultrapassagens, mas é sempre muito difícil."

“Jack [Miller] vai ficar bravo porque mais uma vez a ultrapassagem foi um bloqueio e não gosto de fazer essas ultrapassagens, mas ele é rápido nas retas e freia forte. Então, é duro. ”

Mir disse que será fundamental a Suzuki trazer seu próprio dispositivo de altura traseira para a segunda metade da temporada, mas observa que a marca também precisa chegar ao fundo de seus problemas na classificação.

“Em primeiro lugar, devemos trabalhar no dispositivo, porque este dispositivo pode fazer uma grande diferença para começar na mesma posição que os outros”, disse.

“Então, isso nós devemos fazer. Depois trabalhar um pouco nos detalhes da moto que sempre fazem a diferença."

“Então, da minha parte, temos que entender com a equipe o que precisamos fazer para sermos mais fortes na classificação, para fazer um bom tempo de volta, porque o ritmo que sempre consigo dar não está longe da volta que faço na classificação acelerando como um animal."

“Portanto, é difícil de entender, mas vamos encontrar uma solução", concluiu.

EXCLUSIVO: Entenda o que há de REAL no discurso da MERCEDES de ABANDONAR temporada e pensar em 2022

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Sequência de corridas até férias da F1 será chave para campeonato?

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Rossi diz que saída de Viñales da Yamaha não influencia decisão sobre futuro

Artigo anterior

MotoGP: Rossi diz que saída de Viñales da Yamaha não influencia decisão sobre futuro

Próximo artigo

MotoGP: Entenda por que a saída de Viñales da Yamaha é boa pra ambas as partes

MotoGP: Entenda por que a saída de Viñales da Yamaha é boa pra ambas as partes
Carregar comentários