Quartararo fala que Rossi deveria considerar correr pela Petronas pelo profissionalismo da equipe

O francês afirmou que Rossi encontraria uma equipe 100% profissional na Petronas, tanto quanto a da Yamaha

Quartararo fala que Rossi deveria considerar correr pela Petronas pelo profissionalismo da equipe

O multicampeão da MotoGP Valentino Rossi tem uma decisão importante a sua frente: continuar na categoria em 2021 ou se aposentar? Caso opte por continuar, o Doutor terá que trocar a equipe oficial da Yamaha pela satélite, a Petronas, já que a montadora japonesa assinou com Fabio Quartararo para sua vaga. E o francês defende que Rossi deve considerar a vaga na Petronas.

Em sua primeira temporada na MotoGP, Quartararo se colocou como uma das grandes promessas da categoria, conquistando seis pole positions e sete pódios ao longo do ano, o que o colocou como o candidato ideal para ocupar a vaga que é de Valentino até o final do ano.

Leia também:

Rossi, que pretendia esperar as primeiras corridas de 2020 para tomar uma decisão, anunciou que deve bater o martelo antes do início da temporada, que deve começar em 19 de julho com o GP da Espanha em Jerez. O italiano, que sempre dizia ter vontade de continua na categoria, parece estar próximo de garantir seu lugar na Petronas com apoio total da Yamaha.

Falando com o Motorsport.com, Quartararo apresentou os motivos pelos quais acredita que Rossi deveria assinar com a Petronas para 2021.

"Eu diria que lá é uma família", disse. "Eu sou uma pessoa que quando está trabalhando está 100% focado no que preciso fazer. Se tiver que ficar 10 horas lá, não tem problema. Mas quando termino, fico relaxando até o momento de voltar. Essa combinação de profissionalismo e boa vibe é o que define nossa equipe".

"Eu não sei como que uma equipe de fábrica trabalha, mas eu duvido que seja mais profissional que a nossa".

Após perder por pouco vitórias nos GPs em San Marino e na Tailândia em 2019 para o campeão mundial Marc Márquez, espera-se que o francês seja um real candidato ao título de 2020, por correr com todo o apoio da Yamaha.

Após vencer frequentemente a dupla oficial da Yamaha no ano passado, Rossi e Maverick Viñales, Quartararo afirmou que seu objetivo é ter uma performance similar em 2020.

Quando perguntado sobre isso, ele respondeu: "Não vou dizer que não é importante, porque bater os dois pilotos oficiais correndo pela equipe satélite sempre é algo bom. Isso é um motivador e não é incomum".

"No ano passado, eu tinha um motor menos potente e uma moto desatualizada, mas, aos poucos, fui conquistando essas melhorias. Meu objetivo era mostrar que eu estava próximo deles e em alguns momentos até adiante".

Tony Kanaan se emociona ao lembrar como Piquet e Senna mudaram rumos de sua vida

PODCAST: Entrevista com Rubens Barrichello: os bastidores da carreira do recordista de provas da F1

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Aprilia anuncia renovação do contrato de Aleix Espargaró por dois anos

Artigo anterior

MotoGP: Aprilia anuncia renovação do contrato de Aleix Espargaró por dois anos

Próximo artigo

Agência Mundial Antidoping quer suspensão de 4 anos para Iannone

Agência Mundial Antidoping quer suspensão de 4 anos para Iannone
Carregar comentários