Rins supera Márquez por meia moto e vence em Silversone

Espanhol da Suzuki pressionou o líder do campeonato durante toda a prova e fez a manobra decisiva na última curva

Rins supera Márquez por meia moto e vence em Silversone
Carregar reprodutor de áudio

Álex Rins 'roubou' a vitória de Marc Márquez em cima da linha de chegada da etapa da Grã-Bretanha de MotoGP. O espanhol da Suzuki pressionou o conterrâneo da Honda durante toda a corrida e os dois chegaram a se alternar na ponta algumas vezes. O pentacampeão conseguiu resistir, mas perdeu a ponta no último segundo da corrida.

Leia também:

Com o resultado, Márquez abre 78 pontos de vantagem para o italiano da Ducati Andrea Dovizioso, que abandonou a corrida logo na primeira curva, após se chocar com o francês Fabio Quartararo, da Yamaha Petronas.

A corrida

A largada foi marcada pelo forte acidente envolvendo Quartararo e Dovizioso. O novato conseguiu manter a posição na largada e contornou bem a curva 1, mas, na saída da tangência, o piloto da Yamaha Petronas perdeu o equilíbrio e sua moto caiu, escorregando para fora.

Dovizioso, que vinha logo atrás, não conseguiu desviar da moto que atravessava a pista na diagonal e atropelou a Yamaha do jovem. O italiano voou da moto dando piruetas no ar, enquanto sua moto ardia em chamas. Felizmente, ninguém se machucou com seriedade.

Após a corrida, a comunicação oficial da MotoGP informou que o italiano foi levado ao hospital para realizar exames pois havia sofrido uma perda temporária da memória.

Veja galeria de imagens com detalhes do acidente:

Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
1/12

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
2/12

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
3/12

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
4/12

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
5/12

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
6/12

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
7/12

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT after his crash
Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT after his crash
8/12

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Andrea Dovizioso, Ducati Team after his crash
Andrea Dovizioso, Ducati Team after his crash
9/12

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Andrea Dovizioso, Ducati Team after his crash
Andrea Dovizioso, Ducati Team after his crash
10/12

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT after his crash
Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT after his crash
11/12

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT crash
12/12

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Na ponta, Valentino Rossi chegou a apertar Márquez no início, mas foi superado na quarta volta por Rins, que foi para cima do líder. O heptacampeão ainda foi superado pelo companheiro espanhol Maverick Viñales antes da metade da prova.

Na briga pela vitória no circuito de Silverstone, Rins tomou a iniciativa e ultrapassou Márquez na oitava volta, mas o líder do campeonato deu o troco algumas curvas depois e retomou a ponta da etapa da Grã-Bretanha.

Pouco depois, Johann Zarco e Miguel Oliveira tentaram ocupar o mesmo espaço em uma curva e colidiram. Ambos caíram de suas KTMs e logo em seguida conversaram amigavelmente para colocar panos quentes no incidente.

Jack Miller e Franco Morbidelli protagonizaram algumas belas ultrapassagens. O australiano da Pramac largou mal e precisou recuperar posições, enquanto o ítalo-brasileiro da Yamaha Petronas progrediu no grid e subiu para a quinta posição.

Rins seguiu pressionando Márquez em todas as voltas, chegando a quase ultrapassar o pentacampeão a três voltas para o fim. Enquanto os dois lutavam, Viñales foi se aproximando dos dois, mas não chegou a oferecer risco.

A duas voltas para o fim, Rins ultrapassou Márquez novamente, que mais uma vez retomou a liderança. Na abertura da última passagem, Rins tentou novamente, mas balançou na moto e perdeu um pouco de contato. Viñales chegou de vez nos dois, ainda sem conseguir o suficiente para disputar a ponta.

Nas últimas três curvas, Rins chegou e tentou novamente, mas foi na reta que o piloto da Suzuki ultrapassou Márquez, superando o pentacampeão por meia moto em cima da linha de chegada. A diferença entre eles foi de apenas 0s013.

 

Veja o resultado completo da corrida:

Cla Piloto Voltas Tempo Diferença Intervalo km/h Pontos
1 Spain Alex Rins 20         25
2 Spain Marc Marquez 20 0.013       20
3 Spain Maverick Viñales 20 0.620       16
4 Italy Valentino Rossi 20 11.439       13
5 Italy Franco Morbidelli 20 13.109       11
6 United Kingdom Cal Crutchlow 20 19.169       10
7 Italy Danilo Petrucci 20 19.682       9
8 Australia Jack Miller 20 20.318       8
9 Spain Pol Espargaro 20 21.079       7
10 Italy Andrea Iannone 20 25.144       6
11 Italy Francesco Bagnaia 20 40.317       5
12 France Sylvain Guintoli 20 45.478       4
13 Malaysia Hafizh Syahrin 20 54.783       3
14 Spain Jorge Lorenzo 20 56.651       2
15 Czech Republic Karel Abraham 20 1'29.282       1
16 Spain Tito Rabat 20 1'31.716        
17 Japan Takaaki Nakagami 20 1'40.420        
  Spain Aleix Espargaro 19          
  Portugal Miguel Oliveira 8          
  France Johann Zarco 8          
  France Fabio Quartararo 0          
  Italy Andrea Dovizioso 0          

 

compartilhar
comentários
Após críticas, Rossi diz que largar na frente tem sabor especial
Artigo anterior

Após críticas, Rossi diz que largar na frente tem sabor especial

Próximo artigo

Márquez: “Essa derrota dá mais raiva do que a da Áustria”

Márquez: “Essa derrota dá mais raiva do que a da Áustria”
Carregar comentários