ANÁLISE: Por que os títulos da F1 não mudaram Verstappen

Holandês voltou a fazer afirmações similares à de antes da conquista do primeiro título em 2021, dizendo que tudo bem se não levar mais mundiais

Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, arrives on the podium

Max Verstappen disse primeiro em 2021 que perder o título da Fórmula 1 para Lewis Hamilton "não mudaria sua vida", ficando satisfeito com o resultado final da disputa épica com o piloto da Mercedes independentemente de qual lado ela favorecesse. E agora, dois anos e dois títulos depois, ele insiste que a situação é a mesma.

Mais de um ano depois, há evidências de que seu triunfo em 2021 chegou sim a alterar a abordagem de Verstappen, como vimos nas disputas com Charles Leclerc e George Russell em 2022, mas com o holandês ainda mantendo sua mesma atitude combativa contra o heptacampeão na única ocasião em que eles se encontraram na pista neste ano.

Leia também:

Falando com exclusividade ao Motorsport.com sobre a possibilidade do título de 2021 ter mudado seu estilo em qualquer modo, Verstappen respondeu: "Acho que não. Os carros este ano são muito diferentes".

"Precisei de um tempo para me acostumar, também porque nosso carro estava bem acima do peso no começo, e isso não ajudava no equilíbrio geral. Mas, para além disso, eu estou apenas curtindo o momento. No ano passado também estava curtindo o momento, as aquela pressão ou necessidade, a fome de buscar o título de qualquer forma, isso acabou".

"Já disse após o primeiro dia, independente do que vier na sequência, é um bônus, e honestamente, sigo vendo assim. Não muda minha vida. Sei quem são meus amigos, e eu passo tempo com eles e com a minha família. Nada mudou na minha vida e na forma como vivo comparado ao ano passado".

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Verstappen disse que sua conquista em 2021, que tirou a pressão, "é o que você sempre quer conquistar no esporte, não?", acrescentando que "certamente, é sempre melhor vencer do que não vencer".

Quando considerando seu desejo de vencer mais títulos na F1, ele disse: "sim, mas você precisa do carro para isso".

"Claro, agora já tenho dois, mas se eu não tiver mais a oportunidade de vencer por causa do que tenho em mãos, tudo bem. Claro, eu quero vencer, mas é preciso contar com a sorte também".

ÚLTIMO GP de Clark; Hill e P. Rodríguez, datas BIZARRAS e +: corridas da F1 em fins de ano

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #211 - O que esperar da F1 em 2023?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Horner vislumbra futuro "assustador" após domínio de Verstappen em 2022
Próximo artigo F1: Alpine se junta a Aston Martin, Ferrari e AlphaTauri e anuncia data de lançamento do carro de 2023

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil