Bottas desabafa: Raikkonen arruinou a minha corrida

Piloto da Williams não perdoa o compatriota pelo acidente na última volta do GP da Rússia

Bottas desabafa: Raikkonen arruinou a minha corrida
Valtteri Bottas, Williams FW37
Valtteri Bottas, Williams FW37
Valtteri Bottas, Williams FW37
(L to R): Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 and Valtteri Bottas, Williams in the post qualifying FIA Press Conference
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W06 leads the battling Sebastian Vettel, Ferrari SF15-T and Kimi Raikkonen, Ferrari SF15-T
Valtteri Bottas, Williams FW37
Kimi Raikkonen, Ferrari SF15-T
Kimi Raikkonen, Ferrari SF15-T
(L to R): Sebastian Vettel, Ferrari SF15-T and team mate Kimi Raikkonen, Ferrari SF15-T battle for position
Valtteri Bottas, Williams FW37

Valtteri Bottas afirmou que Kimi Raikkonen foi “longe demais” na tentativa atrapalhada de ultrapassá-lo na volta final do GP da Rússia. Na disputa entre os finlandeses pelo pódio em Sochi, o piloto da Ferrari forçou a ultrapassagem e acabou tocando no compatriota, tirando o piloto da Williams da corrida.

Por causa do toque, Raikkonen conseguiu ainda chegar se arrastando, com o carro danificado, em quinto lugar. No entanto, foi punido em 30s e caiu para oitavo lugar.

“Tinha acabado de passar o Perez e estava fazendo a curva 4 e, de repente, quando estava fazendo a trajetória ele me acertou por trás. Foi isso”, desabafou Bottas.

“É frustrante. Arruinou o meu dia. Posso dizer apenas que posso olhar no espelho e dizer que não foi minha falta.”

“Não foi uma manobra esperada que ele fez. Mas agora já aconteceu. Zero pontos e isso é decepcionante.”

Raikkonen, por sua vez, afirmou que não mereceu a culpa pela manobra, mas Bottas discorda do rival da Ferrari.

“Estava entrando na curva de maneira normal. Vi na curva 3 que ele estava distante, portanto não havia como me passar se eu estava na trajetória normal”, disse.

“Acho que exagerou um pouco. Não sei o que ele estava pensando fazendo isso na última volta,  mas foi longe demais. Não foi uma corrida ruim até aquele momento, por estar em terceiro na última volta. Foi uma pena que terminou daquela maneira.”

compartilhar
comentários
Wolff: rivalidade Vettel/Hamilton pode ser maior da história

Artigo anterior

Wolff: rivalidade Vettel/Hamilton pode ser maior da história

Próximo artigo

Force India elogia Perez: "decepção na McLaren é passado"

Force India elogia Perez: "decepção na McLaren é passado"
Carregar comentários