F1: Gasly quer "manter os pés no chão" em 2021 mas não vai desperdiçar oportunidades em busca de segunda vitória

Piloto francês quer seguir mostrando evolução que teve em 2020, quando foi um dos mais consistentes do grid

F1: Gasly quer "manter os pés no chão" em 2021 mas não vai desperdiçar oportunidades em busca de segunda vitória

Após vencer pela primeira vez na Fórmula 1 em 2020, Pierre Gasly quer seguir construindo em cima do momento positivo que viveu no ano passado, com muitos pilotos do grid classificando o francês como um dos destaques da temporada. Mas Gasly não quer se intoxicado por ambições irreais dentro da AlphaTauri, buacando "manter os pés no chão" para 2021.

Sua vitória surpreendente no GP da Itália de 2020, quase um ano depois de ser rebaixado pela Red Bull para a Toro Rosso, o impulsionou para um clube muito fechado de pilotos que chegaram ao degrau mais alto do pódio da F1.

Leia também:

Este sucesso, adquirido em meio a uma prova particularmente espetacular, poderia ter feito ele perder de vista os objetivos básicos de um piloto com a AlphaTauri, uma equipe do pelotão do meio na F1.

Mas não só isso não aconteceu no final da temporada de 2020, multiplicando resultados convincentes, apesar de menos brilhantes que Monza, como também busca não se entregar ao excesso de otimismo diante do início de 2021, embora a pré-temporada tenha entregados resultados promissores.

Em entrevista ao programa En Pole, da emissora de TV francesa Canal+, Gasly foi perguntado sobre a expectativa com relação a uma segunda vitória na F1.

"O desejo está presente, claro. Assim que eu acho em um GP, meu objetivo é dar o melhor de mim e ter o melhor resultado possível. Se você for um dos cinco primeiros, deve ficar satisfeito com o Top 5. Se ficar entre os dez primeiros, deve ficar satisfeito com o Top 10. Mas se você tem uma oportunidade de vencer, precisa aproveitá-la".

"Depois, acho importante ser realista neste ano, ficar firme com os pés no chão e atento ao carro que temos, ao nosso potencial e evitar cometer erros. Então é aqui que precisamos manter a lucidez, mas, em todo caso, é certo dentro de mim que quero buscar uma segunda vitória se a oportunidade surgir".

A ordem da vez, portanto, será aproveitar as oportunidades e seguir aprendendo dentro do esporte, contando com as qualidades demonstradas até agora.

"A temporada passada foi a minha melhor na F1. Tive apenas três e isso não é muito. Mas tenho certeza que dei meu melhor no ano passado e, para mim, quero dar mais um passo agora, ser mais consistente, para tentar ficar entre os dez primeiros ao longo do campeonato".

"Acho que mostrei grandes qualidades na pista em termos de disputas, e será importante mostrar que sigo em forma neste ano, para conseguir, com sorte, uma posição melhor no Mundial".

SÉRGIO MAURÍCIO sobre F1 na BAND: "O diferencial será fazer o que a Globo vinha deixando de fazer"

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST – Temporada 2021 marca nova era na cobertura do esporte a motor na TV?

 

compartilhar
comentários
ANÁLISE: Caça de Hamilton ao octa pode sinalizar início do fim?

Artigo anterior

ANÁLISE: Caça de Hamilton ao octa pode sinalizar início do fim?

Próximo artigo

F1 libera pilotos para seguir se ajoelhando antes das corridas em 2021

F1 libera pilotos para seguir se ajoelhando antes das corridas em 2021
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Pierre Gasly
Equipes AlphaTauri
Autor Fabien Gaillard