F1: Leclerc se diz pronto para 2021 após período de preparação com a Ferrari

Piloto monegasco passou um bom tempo na sede da equipe para melhorar alguns pontos

F1: Leclerc se diz pronto para 2021 após período de preparação com a Ferrari

Charles Leclerc diz que passou mais tempo do que nunca com a Ferrari se preparando para a temporada de 2021 da Fórmula 1, depois de se recuperar completamente da Covid-19.

Leclerc revelou em janeiro que tinha testado positivo para o coronavírus após uma viagem a Dubai, mas foi capaz de se juntar à Ferrari no final do mês para completar alguns testes em um carro com especificações de 2018.

Leia também:

O piloto monegasco está entrando em sua terceira temporada com a equipe de Maranello depois de liderar sua campanha no time em 2020, marcando dois pódios e perto de triplicar os pontos do então companheiro de equipe Sebastian Vettel.

Leclerc, no entanto, sentiu que ainda tinha muito a melhorar para este ano, e passou um bom tempo com a Ferrari em sua sede para trabalhar nessas áreas.

“Acho que nunca estive na Ferrari tanto quanto nesta temporada, antes do início real da temporada”, disse o monegasco.

“Também fizemos muitos testes com o carro antigo, por isso me sinto muito pronto. Tenho trabalhado de maneira semelhante, tentando entender quais foram meus pontos fracos no ano passado.”

“Ainda acredito que a gestão de pneus é algo que devo melhorar. Melhorei muito no ano passado e espero que seja mais um passo este ano.”

“Isso é o que fiz basicamente, tentando olhar para as corridas anteriores, tentando entender o que podíamos ter feito melhor como equipe, e tentar melhorar (a gestão dos pneus) especialmente.”

Além de guiar o SF71H, carro com especificações de 2018, em Fiorano, Leclerc também participou de um teste da Pirelli em fevereiro usando um ‘carro-mula’ de 2019 para ajudar no desenvolvimento de pneus de 18 polegadas para 2022.

O piloto terá uma primeira experiência prolongada no novo carro da Ferrari, o SF21, no início dos testes de pré-temporada no Bahrein neste final de semana.

Leclerc é um dos seis pilotos de F1 que foram diagnosticados com Covid-19 desde o início da pandemia.

Lance Stroll disse na semana passada que “subestimou” o impacto do coronavírus na temporada de 2020, depois de adoecer antes do GP de Eifel e demorar para superar completamente.

Mas Leclerc estava confiante de que havia se recuperado totalmente do vírus, tendo se submetido a testes específicos para garantir que sua condição física estava em seus níveis regulares antes da nova temporada.

“Eu me recuperei completamente”, disse o piloto da Ferrari.

“Não me atingiu tanto, felizmente, então me sinto completamente bem.”

“Fiz alguns testes físicos logo após me recuperar da Covid-19 para ter certeza de que tudo voltou ao normal, e é o caso. Então, tudo bem.”, concluiu.

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1TV Pro: saiba TUDO sobre o serviço de STREAMING que promete AGITAR a cobertura da F1 no Brasil

PODCAST: Como seria a transmissão dos sonhos da F1 no Brasil?

 

compartilhar
comentários
F1: Vettel "não está interessado" no que os críticos dizem sobre sua performance

Artigo anterior

F1: Vettel "não está interessado" no que os críticos dizem sobre sua performance

Próximo artigo

Podcast #092 – Pré-temporada de 2021 da F1 será a mais crucial da era híbrida?

Podcast #092 – Pré-temporada de 2021 da F1 será a mais crucial da era híbrida?
Carregar comentários