F1: Presidente da FIA faz previsões animadoras sobre futuro da Aston Martin

Mohammed Ben Sulayem crê que equipe de Lawrence Stroll ":está pronta" para ganhar com seu investimento e por ter Fernando Alonso

Fernando Alonso, Alpine F1 Team, with Mohammed bin Sulayem, President, FIA

O presidente da FIA, Mohammed ben Sulayem, esteve presente no acampamento do Rally Dakar 2023 na capital da Arábia Saudita para se reunir com um seleto grupo de mídia, incluindo o Motorsport.com, para discutir vários tópicos, incluindo a possibilidade de a Aston Martin vencer o mundial de Fórmula 1 com Fernando Alonso ou se as novas regras introduzidas na última temporada funcionaram.

Leia também:

O emirado ofereceu um lugar a todos os que lá estavam para ouvir atentamente as suas palavras, e uma das questões era se a equipe a que o bicampeão do mundo integrou conseguirá terminar no topo daqui dois ou três anos.

Ben Sulayem, sem hesitar, respondeu: “Eles devem conseguir, estão investindo nisso, estão a caminho e têm um piloto pronto como Fernando [Alonso], acho que sim, mas vencer é muito difícil. É o mesmo com a Ferrari, não vencem, mas não é porque são lentos, é importante também ter gerenciamento e confiabilidade."

Mohammed bin Sulayem, presidente de la FIA, Stefano Domenicali, director general de la Fórmula 1, el artista Sr. Dripping presentan un retrato de Sebastian Vettel, Aston Martin, en la parrilla de salida

"No entanto, acho que a Aston Martin, com [Lawrence, proprietário] Stroll, está tentando: contratando um novo piloto e novas pessoas, nova disciplina, o que também é muito importante", disse o chefe da federação internacional de automobilismo, o mesmo homem que acredita que os regulamentos que foram introduzidos no início de 2022 funcionaram.

Mohammed ben Sulayem sempre se preocupou muito com a igualdade e com equipes que podem alcançar bons resultados: “Acho que sim, os desafios que eu vejo e que os próprios pilotos veem é uma coisa, mas os desafios com as equipes são diferentes. não é fácil criar um equilíbrio de desempenho, e o que posso dizer é que está funcionando e o que mais estamos trabalhando é o teto orçamentário."

"Fui muito claro sobre o que aconteceu com a Red Bull", comentou. "Fomos muito transparentes durante todo o processo, fomos claros de forma pública. Espero que ninguém use o teto de custo para esconder as coisas porque sabe que estamos vigiando, essa é uma das tarefas que temos, a diferença é grande [por] agora, mas temos que continuar trabalhando e garantir que as equipes pequenas se aproximem das grandes."

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #212 – Polêmica: as verdades inconvenientes sobre a F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Verstappen: "Impossível um carro que sai de frente ser rápido"
Próximo artigo Andretti crava que resta "apenas uma formalidade" para concluir entrada na F1

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil