F1- Russell questiona movimento de Bottas em batida e dispara: "Tentou nos matar?"

Britânico e finlandês se chocaram enquanto lutavam pela nona posição

F1- Russell questiona movimento de Bottas em batida e dispara: "Tentou nos matar?"

George Russell questionou o movimento de Valtteri Bottas em sua batida neste domingo em Ímola, dizendo que o finlandês teria agido de forma diferente se fosse outro piloto.

Russell e Bottas se chocaram em alta velocidade perto da Curva 2 enquanto brigavam pelo nono lugar no GP da Emilia Romagna de Fórmula 1.

Leia também:

O piloto britânico atacou o piloto da Mercedes usando o DRS (Sistema de Redução de Arrasto) e se moveu para o lado direito da pista na tentativa de fazer uma ultrapassagem, quando Bottas fez um movimento ligeiro para a direita.

Isso fez com que Russell perdesse o controle de seu carro e tocasse na Mercedes de Bottas, deixando os dois carros fora da corrida e acionando uma bandeira vermelha.

Ambos os pilotos ficaram furiosos com o incidente. O piloto da Williams bateu no capacete de Bottas para desabafar sua raiva, dizendo mais tarde que perguntou ao finlandês “se ele estava tentando nos matar”. O vice-campeão de 2020 respondeu mostrando o dedo do meio.

O piloto da Mercedes afirmou após o incidente que foi "claramente" um erro de Russell e que ele deixou espaço suficiente, apesar do britânico ter sentido que Bottas havia quebrado um acordo de cavalheiros.

“Fizemos o acordo de cavalheiros de que, quando há um carro mais rápido se aproximando com o DRS, você movimenta o volante no último momento”, disse Russell.

George Russell, Williams

George Russell, Williams

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

“Em condições perfeitamente secas em um circuito muito comum, já é perigoso, agora é muito mais em uma pista muito estreita quando estamos fazendo curvas e quando há trechos molhados. Portanto, foi um infeliz incidente."

“Mas, é inevitável, um incidente como esse ocorreria quando os pilotos fazem pequenos movimentos como este. É o menor dos movimentos, mas quando você está indo a 350 km/h, e você está indo a 30 km/h mais rápido do que o carro à frente, fica enorme. ”

Russell questionou por que Bottas faria um movimento tão agressivo ao lutar pelo nono lugar, e ponderou se ele teria agido diferente com outro piloto.

O britânico é um membro do programa júnior da Mercedes e foi apontado como um possível sucessor do finlandês na equipe no futuro.

“Obviamente, eu estava muito chateado e frustrado com ele ”, disse Russell.

“Estou lutando pelo P9, um P9 pra ele não é absolutamente nada. Quase sem sentido. Ele fez um movimento que você faria se estivesse lutando pela vitória na última volta da corrida."

“Isso levanta a questão de por que ele faria isso para nova posição. Talvez se fosse outro piloto, ele não teria feito. Então foi isso que me passou pela cabeça."

“Como eu disse, ele não é totalmente culpado, não acho que seja totalmente culpado. Mas isso poderia ter sido evitado."

Russel disse que “não tinha dúvidas” que Bottas sentiu que era o britânico era culpado pelo incidente, mas disse que estava ciente da etiqueta ao lutar em alta velocidade.

“Tenho certeza de sua perspectiva, ele sente que é minha culpa, não tenho dúvidas sobre isso”, disse Russell.

“Da mesma forma, ele conhece as velocidades de fechamento dos carros, quando você está atrás e com DRS. Ele sabe que não é a coisa certa a fazer."

“Como eu disse, se você está lutando pela vitória na última volta da corrida, talvez seja ok. Mas não em condições como esta e não no meio da corrida quando ele é P9, o que não é nada", concluiu.

F1 AO VIVO: CAOS em Ímola! TRETA de Bottas e Russell, 'TRAPALHADA' de Hamilton e tudo do GP | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: TELEMETRIA: A verdade sobre motor Honda e tudo sobre o GP da F1 em Ímola

 

compartilhar
comentários
F1: Bottas defende que Russell é "claramente" culpado por acidente em Ímola
Artigo anterior

F1: Bottas defende que Russell é "claramente" culpado por acidente em Ímola

Próximo artigo

F1- Wolff dispara contra Russell após batida: "Está mais perto da Copa Renault Clio do que da Mercedes"

F1- Wolff dispara contra Russell após batida: "Está mais perto da Copa Renault Clio do que da Mercedes"
Carregar comentários