F1: Russell não se diz “desesperado” e se inspira em Verstappen e Alonso

Inglês da Mercedes espera pacientemente pela hora de lutar pelo título mundial e busca inspiração em Verstappen e Alonso

Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, George Russell, Mercedes-AMG, 3rd position, spray Champagne on the podium

Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, George Russell, Mercedes-AMG, 3rd position, spray Champagne on the podium

Steve Etherington / Motorsport Images

George Russell passou da última equipe do grid, a Williams, para a ex-toda-poderosa Mercedes, mas infelizmente para ele, sua chegada ocorreu quando a equipe de Brackley começou a cair sob as novas regras da Fórmula 1. Como resultado, ele venceu apenas uma corrida nas últimas duas temporadas.

Leia também:

Ao mesmo tempo, Verstappen acumula vitórias desde o início de 2022 e agora está claramente no topo da categoria. Russell, porém, não está excessivamente pessimista quanto à sua situação atual, pois afirma que o holandês também teve que esperar muitos anos para chegar à posição que ocupa.

“Estamos todos aqui para lutar por vitórias e pelo campeonato. E não estou falando apenas das 2.000 pessoas que trabalham para a Mercedes, mas também das pessoas que apoiam a Ferrari, a McLaren ou qualquer outra equipe do grid: elas trabalham para o sucesso", disse Russell ao Motorsport Magazine.

“E essa é a triste realidade da F1, no final só uma equipe pode vencer. E quando alguém consegue, faz tanto que é extremamente difícil outro time se recuperar. Eu poderia ter conseguido sete ou oito pódios, e estou decepcionado porque alguns deles estão em minha mente."

“Mas quando você está em desvantagem, muitas vezes tudo fica contra você. Mas quando o carro voa, tudo dá certo. Tenho 25 anos, tenho pelo menos 15 anos restantes, se eu olhar para Fernando. E se eu olhar para Verstappen, ele estava em sua sétima temporada quando lutou pelo campeonato pela primeira vez”.

Russell está, portanto, disposto a esperar, observando que Charles Leclerc e Lando Norris estão em uma posição semelhante.

"Temos que esperar a nossa vez, por mais frustrante que seja. Existem grandes pilotos nesta situação, como Charles ou Lando. E Max já estava nesta situação há quatro ou cinco anos, então não me desespero", concluiu.

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e MCLAREN

Podcast #262 – No que a série sobre a Brawn GP acertou e errou?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Quase metade do atual grid da F1 pode estar fora em 2026, avalia jornalista veterano
Próximo artigo MotoGP: Márquez se vê com a mesma “mentalidade assassina” de Verstappen

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil