Últimas notícias

F1: Russell vê Hamilton "melhor do que nunca" e celebra parceria com heptacampeão

George destacou transparência e sintonia entre ele e Lewis ao longo do primeiro ano como companheiros de equipe

Lewis Hamilton, Mercedes AMG, George Russell, Mercedes AMG

George Russell diz que é “realmente emocionante” que Lewis Hamilton planeje assinar um novo contrato com a Mercedes para além de 2023 e que isso permita com que eles continuem sendo companheiros de equipe na Fórmula 1.

Leia também:

Hamilton revelou em entrevista à mídia selecionada, incluindo o Motorsport.com, no fim de semana do GP dos Estados Unidos, que pretende assinar um novo contrato com a Mercedes. Seu vínculo atual termina no final da próxima temporada.

Russell começou a trabalhar totalmente ao lado de Hamilton este ano depois de passar as últimas três temporadas com a Williams, dando a ele a chance de aprender com o heptacampeão mundial. O britânico mais novo tem um contrato de vários anos com a Mercedes e disse que era “realmente emocionante” pensar que Hamilton continuaria “por vários anos” e se apresentaria em alto nível.

“Acho que ele provou que definitivamente não tirou o pé do acelerador”, disse Russell. “Ele está definitivamente [nas] últimas corridas, provavelmente melhor do que nunca. Isso é realmente emocionante para mim, ter a oportunidade de ser seu companheiro de equipe, ir diretamente cara a cara com ele e seguir nessa jornada em que estamos juntos."

“Realmente parece uma jornada em que nós dois estamos, junto com o resto da equipe, tentando trazer a Mercedes de volta às vitórias. Temos um relacionamento muito bom, um relacionamento transparente. Seria ótimo sermos companheiros de equipe por vários anos”.

Lewis Hamilton, Mercedes AMG, George Russell, Mercedes AMG, on stage

Lewis Hamilton, Mercedes AMG, George Russell, Mercedes AMG, on stage

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

Hamilton e Russell se viram trabalhando para tentar mudar a sorte da Mercedes este ano, depois que a equipe lutou para se familiarizar com os novos regulamentos técnicos para 2022. George marcou a única pole da temporada da Mercedes até agora no GP da Hungria em julho e está 20 pontos à frente de Hamilton na classificação com três corridas restantes.

Se nem Russell nem Hamilton chegarem ao primeiro degrau do pódio antes do final da temporada, isso marcaria a primeira campanha sem vitórias da Mercedes desde 2011. George sentiu que havia “uma vitória em todos nós se a oportunidade certa surgir”, mas disse que as estrelas teriam que se alinhar perfeitamente para que a Mercedes tivesse uma chance.

“É emocionante para nós como equipe que tivemos algumas oportunidades este ano para lutar”, disse ele. “Mas acho que temos que ter nosso melhor dia e executar tudo perfeitamente e nossos rivais precisam ter percalços e erros para nos dar meia chance.

“Sabemos onde estamos em termos de desempenho geral. Acho que estamos indo lá nessas últimas três corridas para fazer o melhor trabalho possível e ver o que vem disso.” 

VÍDEO: Dê uma volta virtual no circuito do Autódromo Hermanos Rodríguez, no México

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate: quem poderá parar a Red Bull e Verstappen na Fórmula 1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Artigo anterior F1: Wolff diz que punição para Red Bull é "muito pequena", mas elogia FIA
Próximo artigo F1: Verstappen prevê "muitas batidas" quando mantas de pneus forem abolidas
Assinar