F1: Sem liderar nenhum TL do GP do Bahrein, Verstappen diz que melhorias após as sessões ajudaram na pole

Embora a previsão fosse de que a Red Bull retomaria seu domínio em 2023 após os testes, Verstappen não foi o protagonista de nenhuma das sessões que antecederam a fase final da classificação, já que a Ferrari e a Mercedes ficaram com os holofotes

Max Verstappen, Red Bull Racing RB20

Andy Hone / Motorsport Images

Durante a classificação, Carlos Sainz e Charles Leclerc lideraram o Q1 e o Q2, respectivamente, mas a dupla da Ferrari não conseguiu superar Verstappen na disputa pela pole position - embora a volta de Leclerc no Q2 tenha sido mais rápida do que a pole do astro holandês da Fórmula 1.
Verstappen diz que as condições do circuito garantiram que a Red Bull tivesse que trabalhar para montar uma boa configuração para a classificação, mas as melhorias implementadas durante a quinta e a sexta-feira foram a chave para a equipe chegar à pole.
Leia também:
"Se você olhar para o fim de semana até agora, acho que não foi fácil para nós. Os testes foram muito bons, mas ventou muito nos últimos dias e acho que foi um pouco mais difícil conseguir o equilíbrio do carro" 
"Foi um trabalho contínuo até a classificação, e acho que fizemos algumas boas melhorias no carro, e acho que isso nos fez conseguir a pole."
Ao ser questionado sobre a origem do salto no tempo em relação à classificação, Verstappen não conseguiu identificar um motivo específico e declarou: "De alguma forma, eu tinha um pouco mais de aderência. Na primeira volta, não me senti muito bem e o carro nunca ligou de verdade."
Sparks fly from Max Verstappen, Red Bull Racing RB20

Max Verstappen, Red Bull Racing RB20, solta faíscas

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

O tricampeão considerou que a diferença de 0,3s mascarou a proximidade da primeira sessão de classificação de 2024 e que não ficou claro quem garantiria a pole position para a abertura da temporada.
Ele acrescentou que as condições de brisa presentes no circuito de Sakhir garantiram que fosse difícil fazer uma volta uniforme e que isso valorizou mais o ganho de tempo nas curvas.
"Acho que foi uma classificação muito apertada e com condições muito complicadas por causa do vento. Se você conseguir juntar as voltas, talvez consiga encontrar um décimo, um décimo e meio em uma curva", disse ele. 
"Foi bom para nós no Q2 e Q3. Especialmente no Q3, eu diria que melhoramos um pouco mais. Acho que durante toda a classificação, você pode ver que as diferenças estavam muito próximas, e nunca soubemos realmente quem seria o pole no Q3. Foi muito emocionante ver isso.", finalizou o piloto da Red Bull.

Motorsport.com debate quali do GP do Bahrein

O que a F1 pode fazer para que o domínio de Max não seja desinteressante?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Russell diz que Mercedes deu "grande passo à frente" no ritmo de classificação
Próximo artigo Hamilton "justifica" revés para Russell na classificação; Toto Wolff explica mudanças no carro

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil