F1: Zhou ganha ainda mais força como favorito à segunda vaga da Alfa Romeo em 2022

Chegada do piloto à F1 é bem vista pelo impacto que isso traria ao mercado chinês; o único empecilho é contrato: Zhou quer vínculo longo, mas a equipe, não

F1: Zhou ganha ainda mais força como favorito à segunda vaga da Alfa Romeo em 2022

O atual vice-líder da Fórmula 2, Guanyu Zhou, vem despontando como o favorito para ocupar a vaga ao lado de Valtteri Bottas na Alfa Romeo para a temporada 2022 da Fórmula 1, apesar do chefe da equipe, Frédéric Vasseur, insistir que ainda não foi tomada uma decisão.

O ritmo de Zhou na F2, aliado a um bom aporte financeiro de patrocinadores chineses -- na casa dos 185 milhões de reais --, deixa o piloto da Academia da Alpine como o principal candidato à cobiçada segunda vaga da equipe suíça em 2022.

Leia também:

Fontes indicam que o acordo está praticamente fechado, dependendo apenas da assinatura. Porém, Vasseur indica que a Alfa mantém as opções abertas sobre o que fazer para o próximo ano e que quer esperar um pouco mais para ver o desenvolvimento da temporada da F2.

Além de Zhou estar no radar, a Alfa também quer olhar para um de seus próprios talentos, Théo Pourchaire, membro da Academia da Sauber. O francês de 17 anos seria um dos motivos que fariam com que o time não queira dar um contrato de longo prazo para Zhou, que pleiteia um vínculo longo. Outro piloto que busca uma chance é o atual ocupante da vaga, Antonio Giovinazzi, que vem entregando performances impressionantes nas últimas etapas.

Questionado diretamente se Zhou estava na lista da Alfa Romeo para 2022, Vasseur disse: "Zhou está fazendo um bom trabalho na F2. Certamente ele está na lista. Mas ele não está apenas pelo fato de ser chinês, e sim porque ele está na disputa pelo título da F2. Ele venceu algumas corridas e acho que todas as equipes da F1 estão de olho nele. Mas as quatro primeiras etapas [da F2] foram um pouco diferentes entre si."

"Agora, eles estão voltando à pistas mais tradicionais. E os pilotos jovens da F2, eles têm mais experiência e veremos em duas ou três etapas onde eles estão e qual é a evolução de todos os pilotos da F2".

No momento, Zhou é o vice-líder da F2, após ser ultrapassado por Oscar Piastri na etapa de Monza. Vasseur reconhece que a Alfa Romeo deve esperar até a etapa de Sochi da F2, em 25 e 26 de setembro, para tomar uma decisão sobre Zhou ou outro piloto.

Race winner Théo Pourchaire, ART Grand Prix

Race winner Théo Pourchaire, ART Grand Prix

Photo by: Formula Motorsport Ltd

E enquanto Pourchaire vem sendo um dos destaques da F2 neste ano, Vasseur sugeriu que sua falta de experiência com carros de F1, tendo feito apenas um teste com um modelo antigo no Hungaroring no mês passado, pode ser algo que deponha contra ele.

"Temos que dar a Théo o tempo, não apenas para seu ritmo, porque ele tem a velocidade, mas por toda a 'educação' ao redor disso. Ele tinha 17 anos até dois meses atrás, e a F1 é muito complicada", disse Vasseur.

"Temos um número muito limitado de dias de teste. No próximo ano temos um novo carro e podemos ter problemas de confiabilidade. Isso significa que podemos chegar no Bahrein com uma quilometragem mínima, e isso também precisa ser levado em conta. Para os pilotos, nunca é fácil. É um desafio, mas temos que dar tempo a eles, com certeza", completou o dirigente francês.

Giaffone OPINA sobre BATIDA Verstappen/Hamilton, dá BASTIDORES dos comissários e projeta RIVALIDADE

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #132: Caótico GP da Itália acirra ainda mais rivalidade Hamilton X Verstappen na F1

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Alonso coloca Alpine como melhor equipe do meio do pelotão
Artigo anterior

F1: Alonso coloca Alpine como melhor equipe do meio do pelotão

Próximo artigo

F1 - Massa sobre Russell na Mercedes com Hamilton: "Terá que mostrar paciência"

F1 - Massa sobre Russell na Mercedes com Hamilton: "Terá que mostrar paciência"
Carregar comentários