Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
24 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
38 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
66 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
73 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
87 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
101 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
108 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
122 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
129 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
143 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
185 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
192 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
206 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
213 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
227 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
241 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
248 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
262 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
276 dias

Hamilton: "Não pedi, nem queria ordens de equipe”

compartilhar
comentários
Hamilton: "Não pedi, nem queria ordens de equipe”
Por:
Co-autor: Scott Mitchell
30 de set de 2018 16:28

Lewis Hamilton afirmou que nunca pediu, nem queria o uso de uma ordem de equipe no GP da Rússia para ajudá-lo a vencer.

O líder do Mundial recebeu a vitória em Sochi após o companheiro de equipe, Valtteri Bottas, receber a ordem para abrir caminho.

A controvérsia deixou Hamilton visivelmente desanimado após a corrida, já que ele deixou claro que nem nas reuniões pré-corrida, nem nas conversas pelo rádio ele queria que Bottas abrisse mão da vitória.

“Obviamente foi uma decisão da equipe”, disse Hamilton, cuja vitória lhe ajudou a abrir 50 pontos para Sebastian Vettel.

“Houve obviamente discussões sobre se isso aconteceria ou não, e eu apenas garanti a Valtteri que não foi algo que eu pedi.”

“Isso é algo que a equipe sente que é correto para nós. É uma situação muito desconfortável de estar.”

Hamilton insistiu que, durante a fase da corrida em que a ordem foi dada, ele, na verdade, queria que Bottas fosse ainda mais rápido.

“Me disseram pelo rádio que Valtteri me deixaria passar, o que não era o que eu queria. Eu disse: ‘diga a ele para aumentar a velocidade’, porque eu tinha Sebastian na minha cola. Foi bem próximo.”

“Não foi legal passá-lo naquele momento, na curva 13. E eu não sabia o que estava planejado para o fim.”

“Eu estava esperando ter alguma novidade ou coisa do tipo, mas eu sabia que a equipe queria que terminasse daquela forma. Se eles tivessem tomado a decisão, então confirmaria para mim que a equipe queria que terminasse daquele jeito.”

Bottas disse que entendeu as razões da decisão da Mercedes, mesmo que ele próprio tenha achado difícil de cumprir.

Questionado se pensava que a equipe deveria deixar Hamilton à frente, Bottas disse: “Sim, eu podia esperar por isso. Porque, obviamente, Lewis está lutando pelo campeonato de pilotos e eu não.”

“E, da forma com que terminamos em comparação ao começo, não faz diferença para o campeonato dos construtores. Então, sim, eu estava esperando.”

Bottas disse, por fim, que não ficaria feliz caso Hamilton contribuísse e lhe desse uma vitória no fim do ano. “Não, acho que é mais divertido competir por ela.”

Race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, congratulates Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1

Race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, congratulates Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1

Photo by: Sam Bloxham / LAT Images

Próximo artigo
Horner: Verstappen interrompeu ataque para preservar motor

Artigo anterior

Horner: Verstappen interrompeu ataque para preservar motor

Próximo artigo

Force India planeja construir nova fábrica em Silverstone

Force India planeja construir nova fábrica em Silverstone
Carregar comentários