Fórmula 1 GP da Hungria

F1: Horner detalha discordância com Marko sobre de Vries; confira

Chefe da Red Bull na categoria confirmou que sempre discordou do conselheiro da marca com relação ao piloto holandês; entenda os motivos

Nyck de Vries, AlphaTauri AT04

O chefe da equipe Red Bull, Christian Horner, admite que tinha dúvidas sobre Nyck de Vries desde o início. O britânico não entendia como o holandês de 28 anos se encaixava no time júnior da marca, chamando-o de piloto "paliativo" na AlphaTauri. No final, foi o conselheiro da Red Bull, Helmut Marko, quem telefonou para de Vries para comunicar a decisão de substituí-lo pelo australiano Daniel Ricciardo na Fórmula 1.  Até porque o austríaco tinha 'bancado' a contratação de Nyck.

O editor recomenda:

Aliás, a carreira de Nyck na F1 na teve vida curta. Ele teve que ceder seu lugar a Ricciardo após o GP de Silverstone, a décima corrida da temporada. De acordo com Marko, de Vries não era rápido o suficiente e o campeão da Fórmula E não demonstrou melhora suficiente nessas dez corridas. No curto período de tempo que de Vries recebeu, ele não marcou um único ponto e, no duelo de classificações, o companheiro de equipe Yuki Tsunoda foi o melhor: 8-2 para o japonês. 

Marko revelou recentemente que Horner não era fã de Nyck e que houve um desacordo sobre sua contratação. Agora, Christian admite que tinha suas dúvidas desde o início. "Nyck é um piloto muito habilidoso, campeão da Fórmula E e campeão da Fórmula 2", disse Horner no podcast F1 Nation.

"Obviamente, ele tem muita experiência, mas ele não é um piloto jovem do ponto de vista da idade. Eu simplesmente não conseguia ver como ele se encaixava no programa júnior. Sempre foi uma alternativa", disse Horner, afirmando que a situação se tornou "obviamente difícil" para o piloto. "Mas havia grandes expectativas porque, embora ele fosse inexperiente na F1, ele é muito experiente no geral."

"A sensação que prevaleceu foi a de que Nyck não correspondeu às expectativas", continuou Horner. "A questão era: quais seriam as opções se mudássemos de rumo? E, do ponto de vista da Red Bull, na minha opinião, a opção mais interessante era ver como Daniel se sairia. Foi essa a decisão que tomamos. Tudo aconteceu muito rapidamente e agora ele está aqui para o GP da Hungria", seguiu Christian.

Marko ligou para de Vries com as más notícias

Horner explicou que, no teste de pneus em Silverstone, onde Ricciardo guiou o Red Bull RB19, ele ficou impressionado com os tempos de volta que o australiano conseguiu obter diretamente. Em parte por causa disso, foi tomada a decisão de substituir de Vries antes das férias de agosto. Isso significou uma boa notícia para Ricciardo, mas a má notícia ainda não havia sido dada para Nyck. Essa "honra" foi de Marko. 

"Tudo aconteceu mais rápido do que o esperado, levando em conta que ainda não havíamos terminado o teste. Helmut falou com Nyck, foi ele quem o trouxe para a equipe", disse Horner. Por causa de sua demissão precoce, Nyck não teve a chance de disputar seu GP de casa em Zandvoort."

Se a Red Bull poderia ter esperado por isso? "É muito complicado... Isso significaria que ele teria ficado no carro até depois das férias. Era uma situação óbvia. Era uma questão de: por que esperar mais? Se vamos fazer algo, é melhor fazê-lo já e dar a Daniel 12 GPs para ver do que ele é capaz."

Ricciardo substitui de Vries: Red Bull foi injusta com Nyck?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate o que esperar de Ricciardo em seu retorno à F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Equipes rebatem preocupações de Verstappen sobre carros "terríveis" de 2026
Próximo artigo F1 – De Vries quebra silêncio e lamenta demissão: “Dói”

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil