Fórmula 1
04 set
Próximo evento em
20 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
27 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
41 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
104 dias

Leclerc: Bianchi merecia a vaga da Ferrari na F1 mais do que eu

compartilhar
comentários
Leclerc: Bianchi merecia a vaga da Ferrari na F1 mais do que eu
Por:
26 de abr de 2020 12:49

O monegasco falou que seu amigo Bianchi teria merecido mais do que ele a vaga na Ferrari, e que teria se destacado

Na semana passada, o piloto da Renault, Daniel Ricciardo, listou Jules Bianchi como um de seus rivais mais subestimados, sugerindo que o francês poderia ter sido uma grande estrela na Ferrari como Leclerc se tornou, se não fosse por sua morte após o acidente no GP do Japão de 2014 da Fórmula 1. E o monegasco concorda com a visão de Ricciardo.

"É outra parte dessa triste história, porque Bianchi estaria em uma equipe de ponta e já teria ganhado corridas nesse momento, com certeza", disse Ricciardo. "De certo modo, sinto que Charles está fazendo o que Jules estaria fazendo. É como se Charles fosse uma versão atrasada do que Jules estaria fazendo e do sucesso que ele teria".

Leia também:

Leclerc e Bianchi eram amigos muito próximos, e Bianchi era o padrinho e o mentor de corridas do piloto da Ferrari, com ambos dividindo o mesmo empresário, Nicolas Todt.

Quando perguntado sobre os comentários de Ricciardo, Leclerc concordou que Bianchi teria uma grande carreira na Ferrari.

"Jules tinha mostrado muito na F1, e definitivamente havia mais para exibir", disse Leclerc. "Eu acho que resultados como os pontos conquistados em Mônaco, quando ele corria com a Marussia, diziam muito sobre seu talento".

"Então ele definitivamente merecia a vaga na F1, a vaga na Ferrari, provavelmente mais do que eu. Mas o destino decidiu um outro caminho para ele, infelizmente. Mas tenho certeza que ele provavelmente teria mostrado ainda mais do que eu tenho feito, porque ele era muito talentoso".

Leclerc afirmou que suas carreiras são muito entrelaçadas, com seus pais sendo bons amigos, e uma ascensão similar ao topo.

"O meu pai e o de Jules, sempre brincaram que nossas carreiras eram muito parecidas", disse. "E, estranhamente, quando Bianchi estava correndo eu estava correndo, se ele tinha um final de semana muito ruim, minha corrida também era ruim".

"Eles sempre estavam fazendo piadas sobre isso e eu acho que nossas carreiras também são similares porque Nicolas era nosso empresário".

Relembre a carreira de Jules Bianchi:

Galeria
Lista

A carreira de Bianchi começou em 2007, na Fórmula Renault 2.0, quando ganhou o campeonato com 5 vitórias e 11 pódios. Em 2008, ele competiu na F3 Europeia, em que terminou em 3º no campeonato, que foi vencido por Nico Hulkenberg. Durante a temporada, ele conquistou 2 vitórias e 7 pódios para a ART Grand Prix.

A carreira de Bianchi começou em 2007, na Fórmula Renault 2.0, quando ganhou o campeonato com 5 vitórias e 11 pódios. Em 2008, ele competiu na F3 Europeia, em que terminou em 3º no campeonato, que foi vencido por Nico Hulkenberg. Durante a temporada, ele conquistou 2 vitórias e 7 pódios para a ART Grand Prix.
1/14

Foto de: Eric Gilbert

Na mesma época, ele pilotou no Masters de Fórmula 3 em Zolder, quando venceu Hulkenberg e Jon Lancaster.

Na mesma época, ele pilotou no Masters de Fórmula 3 em Zolder, quando venceu Hulkenberg e Jon Lancaster.
2/14

Foto de: Eric Gilbert

Na temporada 2009, Bianchi continuou na F3, a dominando com nove vitórias e 12 pódios, em 20 corridas, para selar o título.

Na temporada 2009, Bianchi continuou na F3, a dominando com nove vitórias e 12 pódios, em 20 corridas, para selar o título.
3/14

Foto de: XPB Images

No mesmo ano, ele teve o gostinho de realizar seu sonho de infância, ao conduzir um carro de F1 pela primeira vez. Impressionado com a sua performance, a Ferrari o contratou para sua academia de pilotos.

No mesmo ano, ele teve o gostinho de realizar seu sonho de infância, ao conduzir um carro de F1 pela primeira vez. Impressionado com a sua performance, a Ferrari o contratou para sua academia de pilotos.
4/14

Foto de: XPB Images

Depois de competir brevemente na GP2 Ásia em 2009-10, ele fez a temporada completa da GP2 em 2010, pela ART Grand Prix, terminando o campeonato em terceiro, atrás de Pastor Maldonado e Sergio Pérez.

Depois de competir brevemente na GP2 Ásia em 2009-10, ele fez a temporada completa da GP2 em 2010, pela ART Grand Prix, terminando o campeonato em terceiro, atrás de Pastor Maldonado e Sergio Pérez.
5/14

Foto de: GP2 Series Media Service

Após período na GP2, em 2012, Bianchi se torna piloto de testes da Force India.

Após período na GP2, em 2012, Bianchi se torna piloto de testes da Force India.
6/14

Foto de: XPB Images

Ele combinou sua função na nova equipe com compromissos na Fórmula Renault 3.5, quando acumulou três vitórias e oito pódios, perdendo o título para Robin Frijns na última corrida.

Ele combinou sua função na nova equipe com compromissos na Fórmula Renault 3.5, quando acumulou três vitórias e oito pódios, perdendo o título para Robin Frijns na última corrida.
7/14

Foto de: Lucien Harmegnies

Após ser piloto de testes da Force India, a Marussia anunciou que Jules Bianchi seria seu piloto em 2013, no lugar de Luiz Razia. Ele fez sua estréia no GP da Austrália.

Após ser piloto de testes da Force India, a Marussia anunciou que Jules Bianchi seria seu piloto em 2013, no lugar de Luiz Razia. Ele fez sua estréia no GP da Austrália.
8/14

Foto de: Marussia F1 Team

Em sua primeira corrida, Bianchi saiu da 19º posição do grid e terminou em 15º em Melbourne.

Em sua primeira corrida, Bianchi saiu da 19º posição do grid e terminou em 15º em Melbourne.
9/14

Foto de: XPB Images

O melhor momento de Bianchi na F1: ele alcançou a nona colocação e seus primeiros pontos com a Marussia nas ruas de Mônaco, em 2014.

O melhor momento de Bianchi na F1: ele alcançou a nona colocação e seus primeiros pontos com a Marussia nas ruas de Mônaco, em 2014.
10/14

Foto de: XPB Images

Comemoração da Marussia pelo nono lugar.

Comemoração da Marussia pelo nono lugar.
11/14

Foto de: XPB Images

No dia 5 de outubro de 2014 viria o acidente no GP do Japão que o deixaria em coma por mais de nove meses.

No dia 5 de outubro de 2014 viria o acidente no GP do Japão que o deixaria em coma por mais de nove meses.
12/14

Foto de: XPB Images

A morte de Bianchi foi anunciada no dia 17 de julho de 2015, se tornando o primeiro piloto da F1 a morrer em função de um acidente de pista, após Ayrton Senna.

A morte de Bianchi foi anunciada no dia 17 de julho de 2015, se tornando o primeiro piloto da F1 a morrer em função de um acidente de pista, após Ayrton Senna.
13/14

Foto de: AP Photo/Lionel Cironneau

Após pesquisas e testes, a FIA resolveu adorar o halo, como dispositivo de proteção à cabeça do piloto para todas as principais categorias de monoposto do mundo.

Após pesquisas e testes, a FIA resolveu adorar o halo, como dispositivo de proteção à cabeça do piloto para todas as principais categorias de monoposto do mundo.
14/14

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

VÍDEO: Por que a Aston Martin voltará para a F1 em 2021

PODCAST - Quais pilotos brasileiros não tiveram sorte na F1?

 
Galvão revela 'racha' com Senna e não vê brasileiro como maior da F1

Artigo anterior

Galvão revela 'racha' com Senna e não vê brasileiro como maior da F1

Próximo artigo

Racing Point quer vencer como Aston Martin durante período de transição

Racing Point quer vencer como Aston Martin durante período de transição
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Jules Bianchi , Charles Leclerc
Equipes Ferrari Compre Agora
Autor Jonathan Noble