Fórmula 1
04 set
Próximo evento em
21 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
28 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
42 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
105 dias

Mercedes: conversa de Hamilton com Whiting foi "lamentável"

compartilhar
comentários
Mercedes: conversa de Hamilton com Whiting foi "lamentável"
Por:
29 de jul de 2016 22:42

Paddy Lowe, executivo da equipe, não gostou de atitude de piloto ao falar com diretor de corridas, Charlie Whiting, sobre controvérsia de bandeiras amarelas na Hungria

Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 in the FIA Press Conference
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1
Start action: Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid leads Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12
Podium: second place Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team and third place Daniel Ricciardo, Red Bull Racing celebrate with champagne

Pelo fato de Nico Rosberg ter conseguido a pole position para o GP da Hungria, mesmo com as bandeiras amarelas duplas acionadas, Lewis Hamilton foi falar com Charlie Whiting para pedir esclarecimentos do caso.

Embora a FIA tenha feito uma investigação sobre o ocorrido e confirmado que ele não tinha feito nada de errado, Hamilton alega que suas conversas com Whiting não eram para pedir a revisão da manobra.

Em entrevista nesta sexta-feira, Paddy Lowe disse que a equipe teria preferido que Hamilton falasse com a equipe antes de conversar com Whiting.

"Compreendo que Lewis foi ver Charlie, mas não foi de forma alguma a buscar uma revisão da pole de Nico, o que ele entendia que deveria ser feito logo depois", explicou Lowe.

"Eu acho que foi lamentável."

"Pessoalmente, acho que ele deveria ter alertado equipe e nós poderíamos ter falado com Charlie, se necessário."

"Mas eu não acho que foi danoso. Foi apenas um erro de julgamento a partir desse ponto de vista."

Atraso

Whiting disse nesta sexta-feira em Hockenheim que o atraso na decisão de investigar formalmente o assunto tinha sido causado decisão da regra dos 107% a outros pilotos.

Ele revelou que o inquérito em cima de Rosberg foi aberto apenas quando os comissários assistiram um ângulo de câmera diferente do incidente e sentiram que o assunto teria que ser discutido com o piloto.

"Eles aceitaram a explicação. Eu não vejo um grande problema, pessoalmente. Eu prefiro demorar, mas agir de maneira correta do que apressar as coisas de maneira errada."

Irritado, Alonso critica mudança nas regras: "eu desisto"

Artigo anterior

Irritado, Alonso critica mudança nas regras: "eu desisto"

Próximo artigo

Rosberg conclui domínio dos treinos livres na Alemanha

Rosberg conclui domínio dos treinos livres na Alemanha
Carregar comentários