Fórmula 1
R
GP de 70º aniversário
07 ago
Próximo evento em
12 Horas
:
51 Minutos
:
11 Segundos
04 set
Próximo evento em
28 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
35 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
49 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
112 dias

Red Bull está surpresa com dificuldade de Albon no GP da Estíria

compartilhar
comentários
Red Bull está surpresa com dificuldade de Albon no GP da Estíria
Por:
14 de jul de 2020 18:00

Equipe busca entender motivos da diminuição de ritmo do tailandês em momentos da prova do último domingo

Após o GP da Estíria de Fórmula 1, disputado no último domingo (12), a Red Bull disse estar com dificuldade para entender os motivos da diminuição de ritmo de Alexander Albon em stints mais longos da corrida. Apenas uma semana depois de Albon ter a chance de vencer na abertura da temporada, antes da colisão com Lewis Hamilton no GP da Áustria, o piloto tailandês não conseguiu alcançar o ritmo dos carros à frente na segunda etapa de 2020.

Albon terminou na quarta colocação, 44 segundos atrás do vencedor da corrida, Hamilton. Além disso, seu companheiro Max Verstappen foi capaz de terminar à frente, em terceiro, mesmo realizando um pit stop extra no final para buscar a melhor volta da prova.

Leia também:

Questionada sobre as dificuldades de Albon, a Red Bull afirmou que o jovem piloto aparenta ficar muito mais confortável quando o carro está com pouco combustível do que quando o monoposto está pesado. O chefe de equipe, Christian Horner, disse que o desempenho de Albon na segunda metade da prova foi bem diferente do visto na fase inicial.

“O Alex teve uma corrida de duas partes”, afirmou Horner. “Quero dizer que na primeira metade ele estava com dificuldades e então, na segunda parte, acredito que ele pilotou melhor e seu ritmo estava bom”.

“Precisamos entender isso com ele e ajudá-lo a ficar mais confortável com o carro com mais gasolina, porque seu ritmo na segunda metade da prova foi forte. Ele brigou muito bem com o [Sergio] Pérez, que foi o carro mais rápido do circuito - e nessa fase, foi de três a quatro décimos mais rápido que [Valtteri] Bottas, que tinha os pneus mais frescos”.

O engenheiro-chefe da Red Bull, Paul Monaghan, sugeriu que o problema de Albon gira em torno de como o equilíbrio do carro muda ao longo da corrida, com o tailandês ainda pouco adaptado em comparação ao companheiro de equipe, Max Verstappen.

“Fazemos um pit stop, colocamos pneus novos e ele disse que o equilíbrio do carro é muito bom”, disse Monaghan. “A deterioração aparenta ser maior em magnitude do que é com o Max. Ouvimos seu feedback e é muito bom. Sua memória das curvas, das voltas e tudo mais é bem impressionante”.

“Por que [ele tem problemas] ainda não temos certeza. Ele sofreu um pouco mais e então, como você provavelmente já viu na televisão, ele pegou algumas batalhas mais intensas e estava tentando se proteger, além de ser competitivo e se esforçar o máximo possível. Eu acho que, seja o que for que estiver causando isso, não sabemos. Mas a queda é um pouco maior para o Alex, pelo que parece”.

Polêmica: veja o que está por trás da queda de braço entre a Renault e a Racing Point

PODCAST: Bastidores do início da F1 na Áustria e participação de Felipe Drugovich

 

.

No detalhe: o que há de semelhante nos freios de Mercedes e Racing Point?

Artigo anterior

No detalhe: o que há de semelhante nos freios de Mercedes e Racing Point?

Próximo artigo

Vettel tem contrato pronto para ir para a Racing Point, diz jornal

Vettel tem contrato pronto para ir para a Racing Point, diz jornal
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Estíria
Pilotos Alexander Albon
Equipes Red Bull Racing Compre Agora
Autor Jonathan Noble