Wehrlein se diz pronto para se tornar piloto da Mercedes

compartilhar
comentários
Wehrlein se diz pronto para se tornar piloto da Mercedes
Por:
18 de mai de 2016 21:25

Após testes, alemão não tem dúvidas de que estaria pronto para assumir um assento da Mercedes, caso surja alguma vaga

Pascal Wehrlein, Mercedes AMG F1 Team W07
Pascal Wehrlein, Mercedes AMG F1 Team W07
Pascal Wehrlein, Mercedes AMG F1 Team W07
Pascal Wehrlein, Mercedes AMG F1 Team W07
Pascal Wehrlein, Mercedes AMG F1 Team W07
Pascal Wehrlein, Mercedes AMG F1 Team W07

A convocação de Pascal Wehrlein para participar do segundo dia de testes em Barcelona, substituindo Esteban Ocon, foi considerada uma surpresa.

Embora a Mercedes dissesse que a decisão foi tomada porque queria um piloto experiente para testar novas peças, o fato vem de encontro ao contexto de especulação em torno futuro de Nico Rosberg na equipe.

Wehrlein está ciente de que existe uma chance de conseguir um assento no time em 2017 e não tem dúvidas de que está preparado.

"Sim, eu estaria pronto", disse ele quando perguntado sobre a possibilidade.

Quando questionado se ele sentia que o teste serviu como algo decisivo, ele respondeu: "você sempre está sendo testado, você não pode relaxar ou ter a certeza do que vai acontecer no próximo ano, você sempre precisa dar o máximo, dar o melhor de si e fazer sempre o melhor."

Chamada em cima da hora

Wehrlein disse que a decisão de testar a Mercedes foi tomada na terça-feira à noite e significou que ele tinha que voltar para o circuito para medir o assento.

Perguntado se foi informado das razões, ele disse: "eu realmente não sei. Acho que eles queriam um piloto mais experiente, então ontem à noite recebi o telefonema e voltei. Fiz o ajuste do assento e estava guiando hoje."

"Foi um dia muito, muito bom. Demos muitas voltas, mais de 130. Eu estou muito feliz. Pudemos terminar o programa de testes e eu gostei."

Wehrlein também confirmou que o W07 está a um passo à frente sobre o modelo do ano passado que ele havia testado anteriormente.

"Sim, acho que faz seis meses que não ando neste carro", disse ele. "Me sinto ótimo de estar de volta e o carro parecia diferente, então eu tive que me readaptar, porque este ano eu não estive muito no simulador.

"Precisei mudar o volante e todos os botões estavam em posições diferentes. Eu gostei do carro, me acostumei com ele e foi um grande dia."

Próximo artigo
Massa diz que mudança aerodinâmica pode ajudar carro de 2016

Artigo anterior

Massa diz que mudança aerodinâmica pode ajudar carro de 2016

Próximo artigo

Pirelli anuncia compostos para o GP da Hungria

Pirelli anuncia compostos para o GP da Hungria
Carregar comentários
Seja o primeiro a receber as últimas notícias