McLaren tem interesse em Pérez caso o mexicano tope ir para a IndyCar

compartilhar
comentários
McLaren tem interesse em Pérez caso o mexicano tope ir para a IndyCar
Por:
, Editor

Piloto do México não tem futuro definido após ter sido dispensado pela Racing Point para abrir vaga para Vettel

Após ter sua saída da Racing Point confirmada nesta semana, Sergio Pérez busca uma nova casa para a temporada 2021 da Fórmula 1. Entretanto, caso o mexicano opte por uma ida para a IndyCar, a McLaren já deixou claro que gostaria de contar com o piloto.

A manifestação da equipe vem após Pérez comunicar que ainda não conversou com outros times e que só seguirá na categoria máxima se encontrar “o pacote certo”, deixando a porta aberta para experiências em outros campeonatos caso não “ache nada atraente na F1”.

O editor recomenda:

Além disso, o mexicano já declarou que gostaria de correr as 500 Milhas de Indianápolis, principal prova da IndyCar. Assim, o CEO da McLaren, Zak Brown, não perdeu tempo para manifestar o interesse da equipe no único piloto latino-americano da F1.

O dirigente também afirmou que é “uma pena” que Pérez tenha sido dispensado da Racing Point. No ano que vem, a equipe rosa seguirá com o canadense Lance Stroll e terá a chegada do alemão Sebastian Vettel, tetracampeão mundial da F1.

Em entrevista coletiva após o segundo treino livre para o GP da Toscana de F1, Brown disse que Pérez deve ficar na categoria máxima do automobilismo mundial, mas deixou claro o interesse da McLaren no mexicano caso ele opte pelo principal campeonato de monopostos dos Estados Unidos. “Ele provavelmente vai ficar na F1, acho que na Haas ou na Alfa Romeo”, ponderou o CEO do time de Woking.

“Mas, se ele tiver interesse na Indy, é um ótimo piloto e certamente estaríamos interessados ​​em falar com ele”, seguiu Brown, que em 2020 lidera a McLaren em sua primeira temporada completa da Indy, por meio de parceria técnica com a Schmidt Peterson Motorsports.

Surgiu, então, a Arrow McLaren SP, pela qual o espanhol Fernando Alonso, bicampeão da F1 e ex-piloto da McLaren, correu a Indy 500 deste ano. Atualmente, a equipe conta com o norte-americano Oliver Askew e com o mexicano Pato O’Ward como representantes na IndyCar.

Brown ponderou que, por ora, a McLaren tem orçamento para correr apenas com dois carros, mas indicou que Pérez poderia pilotar uma terceira máquina da Arrow McLaren SP caso um acordo comercial fosse concebido. Por isso, o dirigente citou os patrocínios de Pérez.

“Não estaríamos em posição de contratá-lo hoje. Mas, com o apoio que ele historicamente teve e com a atividade comercial que estamos desenvolvendo, além da empolgação que alguém como Sergio criaria, certamente veríamos se poderíamos colocá-lo.”

Pérez já correu pela McLaren na F1. Foi na temporada 2013, quando o piloto substituiu o britânico Lewis Hamilton como novo companheiro do também inglês Jenson Button. O mexicano perdeu para o campeão de 2009 por 73 a 49 na classificação final.

SEXTA-LIVRE: Mercedes domina F1 em Mugello e Racing Point rebate Pérez após contratação de Vettel

Related video

Indy confirma nova data para a rodada dupla de Mid-Ohio

Artigo anterior

Indy confirma nova data para a rodada dupla de Mid-Ohio

Próximo artigo

Indy: Power ‘sobra’ em Mid-Ohio, vence a primeira do ano e lidera dobradinha da Penske

Indy: Power ‘sobra’ em Mid-Ohio, vence a primeira do ano e lidera dobradinha da Penske
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1 , IndyCar
Pilotos Sergio Perez
Equipes Schmidt Peterson Motorsports
Autor Luke Smith