Decepcionado, Viñales busca respostas após queda em Austin

Piloto da Yamaha se mostrou intrigado ao cair na segunda volta de corrida nos Estados Unidos: “Nunca sofri um acidente assim em minha carreira”

Decepcionado, Viñales busca respostas após queda em Austin
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Start: Marc Marquez, Repsol Honda Team leads
Carregar reprodutor de áudio

Maverick Viñales considera que a queda que o fez abandonar a corrida de Austin da MotoGP se tratou do acidente mais estranho de sua carreira, e está convencido de que o ocorrido não foi consequência de um erro de pilotagem.

Viñales chegou aos Estados Unidos com uma vantagem de 14 pontos na liderança do campeonato, já que havia vencido no Catar e na Argentina, suas duas primeiras provas pela Yamaha. Mas, em Austin, ele caiu apenas na segunda volta, quando estava em quarto, e deu a entender que o problema pode ter sido causado pela inconsistência dos pneus Michelin.

“Eu não conseguiria fazer nada quanto ao acidente”, disse Viñales, que, agora, está seis pontos atrás de seu companheiro de equipe, Valentino Rossi, o novo líder do campeonato.

“Sei que o pneu não estava tão bom quanto estava pela manhã, porque tive um alerta do lado esquerdo no início da segunda volta.”

“Estou decepcionado por mim e pela equipe porque eles trabalharam muito bem por todo o fim de semana, e, então, temos um pneu que não tinha o mesmo nível de aderência que teve pela manhã e tive um acidente porque fiz o mesmo que fiz pela manhã.”

“Se eu tivesse caído virando em 2min04s, tentando buscar Marc [Márquez, o vencedor] ou lutando pela vitória, saberia que foi um erro meu. Assim, eu desperdicei pontos à toa.”

“No ano passado, apenas sofri um acidente na Argentina, no molhado. Em todas as outras eu estive no limite. É por isso que é estranho. Nunca sofri um acidente assim em minha carreira.”

“É por isso que estou calmo, porque sei que não foi um erro meu. Sei que foi outra coisa.”

Acidente pode custar caro

Viñales reconhece que o acidente foi um golpe em suas intenções de lutar pelo título, mas insistiu que não mudará sua abordagem para um campeonato que espera ser mano a mano com Márquez.

“Minha abordagem para o campeonato é a mesma: corrida a corrida, dando 100%. Com certeza aquele erro nos custou muito, mas sabemos o que podemos fazer. Marc e eu estávamos andando em um ritmo à parte e sabemos que vamos lutar um contra o outro.”

Relatos adicionais de Oriol Puigdemont

compartilhar
comentários
Márquez volta a vencer; Rossi é líder: imagens do domingo
Artigo anterior

Márquez volta a vencer; Rossi é líder: imagens do domingo

Próximo artigo

Direção da MotoGP explica punição “ridícula” a Rossi

Direção da MotoGP explica punição “ridícula” a Rossi
Carregar comentários