Mesmo em 7º, Lorenzo quer “mais que pódio” na Itália

Piloto é mais lento das Ducati de fábrica, mas se diz esperançoso em ritmo de corrida no GP da Itália

Mesmo em 7º, Lorenzo quer “mais que pódio” na Itália
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Carregar reprodutor de áudio

Mesmo saindo apenas da terceira fila do grid no GP da Itália deste domingo, Jorge Lorenzo está animado com o rendimento de sua Ducati Desmosedici GP17.

Perguntado se ele sente que pode lutar pelo pódio em Mugello saindo de sétimo no grid, Lorenzo disse: "Eu gostaria de mais do que um pódio. Gostaria de fazer uma boa largada e poder ter um ritmo semelhante aos melhores.”

"Se isso me der um pódio, ficarei muito feliz. Se eu não conseguir terminar no pódio, mas estiver muito perto do vencedor, também ficarei feliz."

Lorenzo é uma das três Ducati de fábrica entre os sete primeiros, com Andrea Dovizioso se juntando à dupla da Yamaha na primeira fila e o wildcard Michele Pirro se qualificando quarto.

Terminando a sessão a 0s577 da pole e a 0s317 de Dovizioso, Lorenzo lamentou não ter sido tão rápido quanto seus parceiros na classificação.

"Por algum motivo, nesta pista eu nunca fui realmente explosivo para uma volta", disse ele. "Eu me sinto mais confortável do que nunca, mas ainda não foi o suficiente para tirar proveito de todo o potencial.”

"Há algo ainda que perdemos. Por exemplo, as Yamahas melhoraram um segundo. Só consegui melhorar 0s5 ou 0s6. Essa é a diferença. Em ritmo de corrida não há uma diferença tão grande."

Dovizioso: "Melhor sensação desde o Catar"

A Ducati largará na primeira fila do grid pela primeira vez em 2017. O responsável por isso é Andrea Dovizioso, que sairá em terceiro.

"Eu realmente não tive a sensação de fazer um bom tempo de volta e estar na primeira fila", disse ele.

"Mas todas as Ducati estão indo muito bem neste fim de semana, então estou feliz com isso. Acho que amanhã a Ducati pode ter um bom resultado.”

"A velocidade está aqui, estou feliz por isso e o tempo de volta na classificação confirmou o excelente trabalho que fizemos neste fim de semana.”

"É o melhor fim de semana deste ano para nós. A sensação é a melhor que sinto desde o Catar."

compartilhar
comentários
Para Rossi, 2º no grid é “mais importante que o normal”
Artigo anterior

Para Rossi, 2º no grid é “mais importante que o normal”

Próximo artigo

Pole de Viñales e grande dia de Rossi; As imagens do sábado

Pole de Viñales e grande dia de Rossi; As imagens do sábado