MotoGP
15 out
Evento encerrado
16 out
Evento encerrado
23 out
Evento encerrado
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
06 nov
Evento encerrado
20 nov
Evento encerrado

MotoGP: Dovizioso negocia com Yamaha para assumir vaga de Lorenzo como piloto de testes

compartilhar
comentários
MotoGP: Dovizioso negocia com Yamaha para assumir vaga de Lorenzo como piloto de testes
Por:

Conforme apuração do Motorsport.com, a montadora japonesa é a preferida do italiano e a decisão final deve ser tomada ainda nesta semana

Andrea Dovizioso pode estar próximo de voltar à Yamaha na temporada 2021 da MotoGP, mas não no grid, assumindo a posição de piloto de testes da montadora japonesa, assumindo um cargo que pertence, no momento, ao tricampeão aposentado Jorge Lorenzo, segundo apurado pelo Motorsport.com.

Dovizioso andou com a Yamaha em 2012, em sua única temporada com a Tech3 após perder sua vaga na Honda, conquistando seis pódios com a M1 e terminando em quarto na classificação.

Leia também:

Em agosto, Dovi anunciou que não renovaria o contrato com a Ducati para além deste ano, pondo fim a uma parceria de oito anos. Ele estava no radar da Aprilia para correr ao lado de Aleix Espargaró segundo rumores, mas o Motorsport.com apurou que ele nunca foi considerado uma opção pela montadora.

Recentemente, Dovizioso confirmou que estava falando com várias montadoras sobre uma posição como piloto de testes para 2021, tendo anunciado anteriormente que um ano sabático seria uma opção caso não conseguisse uma boa opção para seguir no grid.

Nas últimas semanas, Yamaha, Honda e KTM estiveram em contato com o empresário de Dovizioso, Simone Battistella sobre a vaga de testes.

Além do lado econômico, parece que o desejo de Dovizioso por um acordo deste tipo tem a ver com a liberdade de correr em outras categorias, especialmente o motocross, tendo participado de uma etapa do campeonato da Emilia Romagna, onde sofreu uma queda e a fratura da clavícula.

De acordo com Battistella, uma decisão final sobre seu futuro será tomada ainda nesta semana.

"O que Andrea quer é poder correr em outros campeonatos no próximo ano", disse Battistella ao Motorsport.com. "Vamos tomar a decisão final nesta semana".

Um elemento chave na decisão de Dovizioso é qual montadora lhe dará a melhor oportunidade de voltar ao grid da MotoGP em 2022. Devido à incerteza sobre a lesão de Marc Márquez, ele seria uma opção ideal para a Honda caso o hexacampeão precise ficar fora por mais tempo.

Mas a Honda não estaria tão feliz com a possibilidade de Dovizioso desenvolver a RC213V com o risco de lesões do motocross. O trabalho da KTM com o piloto de testes Dani Pedrosa rendeu duas vitórias neste ano, e o desejo da marca de promover seus talentos internos tornam improvável a chance do italiano conseguir uma vaga em 2022.

Isso deixa a Yamaha como a melhor opção, já que, no momento, o acordo de Valentino Rossi com a Petronas SRT é de apenas de um ano, e a montadora se beneficiaria muito de alguém com experiência recente de corridas para ajudar o desenvolvimento da M1, especialmente o motor, que busca dar uma grande passo adiante em 2022 após ser um dos mais lentos na temporada atual.

Lorenzo testou com a M1 apenas quatro vezes neste ano desde fevereiro, e todas com a moto de 2019, enquanto questões sobre seu nível de comprometimento e utilidade surgiram recentemente, ao terminar os testes em Portimão a mais de quatro segundos dos tempos da Aprilia.

Motorsport.com apurou ainda que a Yamaha está na frente na lista de Dovizioso para garantir um contrato com o italiano. No regulamento das equipes não concessionais, a Yamaha poderia alinhar o italiano no grid três vezes em 2019, mas tudo depende do relaxamento das restrições da Covid-19 sobre as participações especiais, os wildcards.

Recentemente, Rossi disse que ficaria muito feliz caso a Yamaha conseguisse assinar com Dovizioso para ser o próximo piloto de testes caso a oportunidade surgisse.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Norris IRONIZA e DIMINUI recorde de Hamilton, mas volta atrás e pede DESCULPAS; entenda a polêmica

PODCAST: O mercado da F1 para 2021 e os 30 anos do bicampeonato de Senna

 

.

MotoGP garante provas em Valência e Portimão, mas pede cuidados com protocolos após furos na bolha

Artigo anterior

MotoGP garante provas em Valência e Portimão, mas pede cuidados com protocolos após furos na bolha

Próximo artigo

'Ameaçado' por Dovi, Lorenzo admite ser piloto de testes da Aprilia

'Ameaçado' por Dovi, Lorenzo admite ser piloto de testes da Aprilia
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Andrea Dovizioso
Equipes Movistar Yamaha MotoGP
Autor Oriol Puigdemont