MotoGP: Márquez diz que largar da segunda fila no GP da França é “o melhor sonho”

Espanhol admitiu que ainda não se sente “confortável” quando com sua Honda

MotoGP: Márquez diz que largar da segunda fila no GP da França é “o melhor sonho”

Marc Márquez, da Honda, disse que não está chateado por perder uma potencial pole da MotoGP para o GP da França, já que as duas primeiras filas foram o seu “melhor sonho”.

Márquez estava em vias de reivindicar uma pole pela primeira vez desde 2019, tendo chegado ao topo nos momentos finais de uma sessão de classificação caótica.

Leia também:

Mas o espanhol, que ficou de fora da categoria no ano passado e perdeu as duas primeiras corridas de 2021 enquanto se recuperava de lesões no braço sofridas no GP da Espanha de abertura da temporada de 2020 - voltou para o sexto lugar após os bons desempenhos de Fabio Quartararo, Maverick Vinales, Jack Miller, Franco Morbidelli e Johann Zarco.

Márquez admitiu após o treino classificatório que ainda não se sente “confortável” quando a sua Honda se move de forma agressiva.

“É verdade que, por exemplo em slicks, há algumas partes molhadas que não me sinto confortável como no passado, porque quando faço algum movimento agressivo na moto, não consigo controlar como quero e aí sinto um pouco - não completamente inseguro - mas não me sinto confortável, não sinto que esteja completamente em minhas mãos", disse.

“Mas fora isso, hoje me senti bem no TL4, me sinto bem na classificação. É uma pena porque fui o primeiro piloto a levar a bandeira quadriculada e precisava de mais uma volta, mas estou muito feliz."

“Não é desculpa porque mesmo assim foi difícil melhorar os tempos por volta. Então, o que eu fiz foi correto para mim, para o nosso time."

“As duas primeiras filas foi o melhor resultado, foi o melhor sonho. Então, estamos lá para amanhã.”

Pol Espargaró também estava na briga pela pole na sua última volta, mas caiu para o oitavo lugar Espargaró lamentou o resultado e disse que a frustração estava a “me matando".

“Estou chateado comigo mesmo porque hoje queríamos a pole position ou a primeira linha, pelo menos,” disse.

“O T1 [Setor 1] foi incrível, fui menos de três décimos mais rápido do que o Fabio e três décimos mais rápido do que o Jack e os dois estão na primeira linha."

“É doloroso porque eu sinto que posso fazer isso. Estou chateado porque sabia que em Jerez as hipóteses eram muito baixas, mas aqui tive uma grande possibilidade de estar em uma posição fantástica."

“Fiquei esperando até o final para dar a última acelerada e duas ou três voltas para o final começou a chover e eu diminui."

“É doloroso saber que sou um dos mais rápidos, mas estou largando da oitava posição e da terceira Honda. Isso está me matando", concluiu.

Galvão, Regi e narradores; ex-diretor de F1 da Globo conta tudo sobre bastidores das transmissões

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Mercedes X Red Bull já pode ser considerada uma das maiores rivalidades da F1?

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Rossi admite que foi conservador na parte final de quali

Artigo anterior

MotoGP: Rossi admite que foi conservador na parte final de quali

Próximo artigo

MotoGP: Miller supera tempo e dupla da casa para vitória na França; Márquez cai duas vezes

MotoGP: Miller supera tempo e dupla da casa para vitória na França; Márquez cai duas vezes
Carregar comentários