MotoGP GP da Catalunha

MotoGP: Quartararo consegue ver "luz no fim do túnel" com avanço da Yamaha

Campeão de 2021 falou sobre o processo de testes e introdução de novidades da marca japonesa

Fabio Quartararo, Yamaha Factory Racing

Após ficar frustrado com a falta de progresso da Yamaha nos últimos dois anos na MotoGP, Fabio Quartararo mostra ânimo com o momento da montadora japonesa, afirmando que finalmente consegue ver a "luz no fim do túnel".

O francês fez esse comentário após saltar da 17ª posição na largada do GP da Catalunha do último domingo para terminar em nono, fazendo seu segundo top 10 da temporada. Ele correu no fim de semana com um novo pacote aerodinâmico, parte de um conjunto maior de atualizações que a Yamaha vem testando como forma de reformular a problemática M1.

Leia também:

O campeão de 2021 sempre foi muito vocal sobre como a Yamaha não havia sido capaz de trazer desenvolvimentos significativos para a moto nos últimos anos. Mas, agora, ele vê um progresso recente que lhe dá esperanças de que a marca pode mudar os rumos.

"Quando você está dando pequenos passos, você quer dar um passo maior o mais rápido possível", disse ele. "Mas, para ser honesto, neste um ano e meio, não fizemos nenhum progresso e sentir que estamos vendo a luz no fim do túnel, e isso é ótimo. Espero que possamos dar alguns bons passos em breve".

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Perguntado sobre como as atualizações introduzidas em Barcelona ajudaram, ele explicou: "Para mim, isso ajuda a fazer curvas, a ir um pouco mais rápido nas curvas. É difícil dizer se é um grande passo ou não, porque a aerodinâmica não é algo que você diga 'uau, está muito melhor'".

"Com essa aerodinâmica, é preciso se acostumar [com ela] e, no futuro, será um passo muito bom, e estamos procurando dar outro passo como esse. Então, espero que consigamos fazer isso".

A Yamaha e a Honda puderam aproveitar um novo sistema de concessão em 2024, que lhes permite realizar testes ilimitados com os pilotos titulares durante a temporada, além de expandir bastante seu escopo de atualizações.

Quartararo diz que o tempo extra na pista permite que a Yamaha experimente novas peças na M1, mas também se acostume totalmente com elas. Além disso, ele acha que a marca japonesa não está trazendo atualizações apenas por trazer, já que apenas as partes e peças são colocadas na motocicleta que oferecem melhorias significativas.

"Para mim, [com] a aerodinâmica, você é muito mais testado quando dá mais voltas", disse ele. "Eu aprendo [sobre] a aerodinâmica ainda mais durante o fim de semana [inteiro] que uso porque posso entender onde estão os pontos fortes dessa aerodinâmica, e em cinco voltas você não consegue realmente entender [isso]. Essa é a vantagem de ter as concessões".

"Depois de Mugello, vamos para Valência [para] dois dias de testes. É muito trabalhoso, mas vale muito a pena, porque a Yamaha nunca trabalhou assim no passado, nunca teve tantas ideias. E não estamos trazendo coisas para trazer. Falamos claramente com a equipe que eu não quero testar outro chassi ou outro braço oscilante. Já testamos centenas deles".

"Sabemos de onde vem o problema, então agora eles estão realmente focados nisso e estão trabalhando de forma inteligente".

MotoGP mais perto do Brasil! Pecco VENCE mas Martín AMPLIA PONTA e Márquez BRILHA na Espanha

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Ouça o Pódio Cast #12, com o pós-GP da Catalunha e as últimas sobre a MotoGP no Brasil

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior GP da Itália de MotoGP: Horários e como assistir à etapa de Mugello
Próximo artigo Repsol deve encerrar acordo com Honda na MotoGP após 30 anos

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil