MotoGP: Zarco correrá pela Honda LCR nos últimos três GPs de 2019

Após ser dispensado da KTM no mês passado, piloto francês ocupará a vaga do japonês Takaaki Nakagami, machucado

MotoGP: Zarco correrá pela Honda LCR nos últimos três GPs de 2019

Dispensado da KTM no decorrer da temporada 2019 da MotoGP, o francês Johann Zarco vai substituir o japonês Takaaki Nakagami na Honda LCR nas últimas três rodadas deste campeonato, apurou o Motorsport.com.

Nakagami está sofrendo de um problema no ombro semelhante ao que afetou Marc Márquez na última temporada, fazendo com que o campeão mundial passasse por uma cirurgia em dezembro de 2018.

Leia também:

O fato de a recuperação de Márquez ter sido mais lenta e complicada do que o esperado incentivou Nakagami a antecipar a operação após sua corrida natal no Japão. Ele será operado no próximo fim de semana.

O chefe da LCR, Lucio Cecchinello, portanto, foi atrás de um piloto substituto. Nesse sentido, é quase certo que o ex-piloto da KTM, Zarco, assuma esse papel em Phillip Island, Sepang e Valência.

Zarco está fora da categoria desde que foi dispensado da KTM no mês passado. Seu acordo com a equipe iria até o final de 2020, mas as duas partes concordaram em encerrar o vínculo um ano antes, tendo em vista a fraca temporada do francês em 2019.

Procuradas pelo Motorsport.com, a LCR e a Honda se recusaram a comentar a situação neste momento, mas uma declaração confirmando oficialmente a participação de Zarco é esperada nos próximos dias.

Embora o francês ainda esteja sob contrato com a KTM até o final de 2019, Pit Beirer - o chefe da divisão de corridas da montadora - disse recentemente que não impediria que seu piloto corresse por outra equipe antes de 2020.

Quer ver Fórmula 2, Fórmula 3, Indy e Superbike de graça? Inscreva-se no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui.

No começo desta temporada, Zarco foi cogitado na equipe de fábrica da Honda, mas o francês acabou indo para a KTM e a montadora japonesa optou pela contratação do espanhol Jorge Lorenzo, tricampeão da MotoGP.

Considerando o péssimo desempenho de Lorenzo neste ano, Zarco aparece com um possível substituto ao espanhol. Nesse sentido, as três corridas do francês na LCR dão à Honda a chance de avaliar o desempenho do piloto em sua moto em circunstâncias competitivas.

De todo modo, Lorenzo tem contrato com a equipe até o fim de 2020. Na LCR, espera-se que Nakagami se mantenha ao lado do britânico Cal Crutchlow em 2020, mas o acordo ainda não foi concluído. Ainda assim, o japonês disse, na semana passada, que o assunto estava "quase" resolvido e esperava poder anunciar a renovação "o mais rápido possível".

MotoGP retorna ao Brasil em 2022

Conforme antecipado pelo Motorsport.com, a categoria rainha da motovelocidade mundial voltará ao Brasil na temporada 2022. A etapa brasileira ocorrerá no Rio de Janeiro, no circuito Rio Motorpark, ainda a ser construído na região de Deodoro.

Três locais já receberam provas da MotoGP no Brasil. De 1987 a 1989, Goiânia recebeu as principais motos e pilotos do mundo. Em 1992, foi a vez de Interlagos ser o palco. De 1995 a 2004, o extinto autódromo de Jacarepaguá, no Rio, fez parte do calendário.

Pela categoria principal, as 500cc, Valentino Rossi é o recordista de vitórias, com quatro triunfos. Mick Doohan tem dois êxitos e Makoto Tamada foi o último ganhador da etapa brasileira. Veja fotos da MotoGP no Brasil abaixo:

Rio de Janeiro: Valentino Rossi, Honda
Rio de Janeiro: Valentino Rossi, Honda
1/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Carlos Checa e Max Biaggi
Valentino Rossi, Carlos Checa e Max Biaggi
2/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Honda
Valentino Rossi, Honda
3/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Honda
Valentino Rossi, Honda
4/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Honda
Valentino Rossi, Honda
5/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Honda
Valentino Rossi, Honda
6/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Honda
Valentino Rossi, Honda
7/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi, Repsol Honda Team
Valentino Rossi, Repsol Honda Team
8/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Makoto Tamada, Max Biaggi e Nicky Hayden,
Makoto Tamada, Max Biaggi e Nicky Hayden,
9/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Nicky Hayden, Repsol Honda Team
Nicky Hayden, Repsol Honda Team
10/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Nicky Hayden, Repsol Honda Team
Nicky Hayden, Repsol Honda Team
11/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Valentino Rossi cai
Valentino Rossi cai
12/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Vencedor de 2004: Makoto Tamada
Vencedor de 2004: Makoto Tamada
13/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Goiânia: Sito Pons, Campsa Honda
Goiânia: Sito Pons, Campsa Honda
14/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Sito Pons, Campsa Honda
Sito Pons, Campsa Honda
15/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Sito Pons, Campsa Honda
Sito Pons, Campsa Honda
16/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Randy Mamola, Cagiva
Randy Mamola, Cagiva
17/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Fiorenzo Fanali, Kel Carruthers, Giacomo Agostini, Eddie Lawson
Fiorenzo Fanali, Kel Carruthers, Giacomo Agostini, Eddie Lawson
18/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Eddie Lawson, Agostini Yamaha, Rob McElnea, Suzuki Pepsi Cola
Eddie Lawson, Agostini Yamaha, Rob McElnea, Suzuki Pepsi Cola
19/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Eddie Lawson, Agostini Yamaha
Eddie Lawson, Agostini Yamaha
20/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Eddie Lawson, Agostini Yamaha
Eddie Lawson, Agostini Yamaha
21/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

São Paulo (1992): Mick Doohan, Honda
São Paulo (1992): Mick Doohan, Honda
22/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mick Doohan, Honda
Mick Doohan, Honda
23/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mick Doohan, Honda
Mick Doohan, Honda
24/27

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mick Doohan e Dr. Claudio Costa
Mick Doohan e Dr. Claudio Costa
25/27

Foto de: Clinica Mobile

Mick Doohan, Honda
Mick Doohan, Honda
26/27

Foto de: Clinica Mobile

Mick Doohan, Honda
Mick Doohan, Honda
27/27

Foto de: Clinica Mobile

compartilhar
comentários
MotoGP confirma retorno ao Rio de Janeiro na temporada 2022
Artigo anterior

MotoGP confirma retorno ao Rio de Janeiro na temporada 2022

Próximo artigo

Mecânico chefe da Yamaha diz: "Rossi não voltará a ser campeão"

Mecânico chefe da Yamaha diz: "Rossi não voltará a ser campeão"
Carregar comentários