Alonso adverte que retorno com sucesso à F1 não deve ser 'subestimado'

Espanhol retornou à categoria em 2021 depois de dizer um 'até logo' no fim de 2018

Fernando Alonso, Aston Martin

O bicampeão mundial, Fernando Alonso, voltou à 'primeira divisão' do automobilismo no início de 2021, depois de passar dois anos longe da Fórmula 1 após sua saída da McLaren no final de 2018.

Embora as primeiras corridas do campeonato do ano passado tenham sido difíceis para ele, pois o espanhol admitiu que teve que levar um tempo para se acostumar com os carros, os pneus e assim por diante, na segunda metade dessa mesma temporada ele se saiu muito melhor.

Leia também:

E, depois de suas atuações impressionantes em 2022, Fernando Alonso assinou um contrato de longo prazo com a Aston Martin, equipe com a qual competirá a partir do ano que vem. Enquanto ele agora parece estar de volta à forma máxima e afirma que está pilotando melhor do que nunca, o espanhol admite que não foi um caminho em linha reta para chegar lá.

Em particular, o bicampeão sugere que até ele tinha dúvidas sobre se poderia ou não ter sucesso depois de suas primeiras voltas em um carro de F1 no final de 2020. Voltar ao esporte nunca é uma garantia de que você estará bem, competitivo e ainda aproveitará tudo na Fórmula 1”, disse ele.

“Então, obviamente, tive algumas preocupações, dois anos atrás, quando fiz a demonstração [em Abu Dhabi], antes do teste de jovem piloto em 2020 e acho que no ano passado não fiquei 100% feliz com o desempenho e com a forma como a temporada foi. Este ano estou muito mais feliz com o carro e com o desempenho em si e muito mais pronto para o próximo desafio.

“Então, você não pode subestimar o retorno ao esporte. Mas você precisa de algumas corridas ou mesmo de uma temporada completa para se sentir 100 por cento novamente, e foi o que aconteceu comigo. Mas estou feliz agora que sinto um nível muito bom.”

Fernando Alonso, Alpine A521

Fernando Alonso, Alpine A521

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Enquanto Alonso aproveitava seu tempo longe da F1, ele diz que o retorno surgiu em seu radar quando os planos para uma nova era de regras foram finalizados.

“Em 2018, para mim, até a asa dianteira, não sei se você percebeu, estava escrito 'até logo'", disse ele. “Não foi um adeus. Então, de certa forma, na minha cabeça, as regras de 2021 foram uma oportunidade de voltar.

“Eu tinha na minha cabeça diferentes desafios naquele momento. Queria correr em Daytona, em Dakar, em Le Mans. Eu queria lutar por um Campeonato Mundial de Endurance. Não sei, eu tinha coisas diferente e a Fórmula 1 não era prioridade ou eu não tinha mais a cabeça na Fórmula 1.

“Mas eu amo a Fórmula 1 e senti que em 2021 poderia ser uma oportunidade com as novas regras e tudo mudando um pouco, em termos de como são as equipes ou a competitividade delas.

“Então eu cumpro todas as minhas caixas nesses anos longe da Fórmula 1 e ainda assisto as corridas em casa. E sim, as regras. Eles adiaram as regras um ano para 2022. Mas eu vim em 2021 de qualquer maneira."

VÍDEO: Ricciardo será sombra para Pérez na Red Bull?

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate 'treta' entre Verstappen e Pérez no GP de São Paulo

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Para Norris, P5 era o máximo que McLaren poderia conseguir no campeonato
Próximo artigo F1: Marko revela conversa com Vettel sobre possível cargo na direção da Red Bull

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil