Fórmula 1 GP da Hungria

F1: Alonso 'manda a real' ao comentar sobre fase atual da Aston Martin; confira

"Então, sim, estamos atrás de Mercedes, Red Bull, Ferrari e McLaren, que é mais ou menos o que vimos na qualificação e o que vimos na corrida"

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Bicampeão mundial da Fórmula 1, o piloto espanhol Fernando Alonso, da Aston Martin, afirmou após o GP da Hungria, no qual terminou em nono, que sua equipe é atualmente apenas a quinta mais rápida da categoria máxima do automobilismo.

O espanhol chegou a ocupar a sétima posição na primeira volta em Mogyorod, mas perdeu postos para Sergio Pérez, mexicano da Red Bull, e George Russell, britânico da Mercedes, que estavam subindo no pelotão após se classificarem em posições ruins no grid de Hungaroring.

O editor recomenda:

Alonso, que conquistou seis pódios nas primeiras oito corridas de 2023, aceitou que a Aston agora caiu na hierarquia das equipes da F1, com McLaren, Mercedes e Ferrari consistentemente à frente no pelotão que persegue a Red Bull.

Questionado se o resultado da Aston nas cercanias de Budapeste, onde seu companheiro canadense Lance Stroll completou a zona de pontuação ao chegar em 10º, Alonso respondeu: "Sim, acho que sim".

"Acho que não fomos rápidos o suficiente para desafiar ninguém na frente e não tivemos nenhuma ameaça atrás. Portanto, três pontos, nono e décimo, no máximo. Acho que nas duas últimas corridas estamos tendo um pouco de dificuldade. Acho que em Silverstone o safety car nos ajudou de certa forma a terminar em sétimo, o que foi um pouco melhor do que o nosso ritmo. Em Silverstone e agora, o nono lugar provavelmente é o nosso ritmo."

"Então, sim, estamos atrás de Mercedes, Red Bull, Ferrari e McLaren, que é mais ou menos o que vimos na qualificação e o que vimos na corrida", seguiu o piloto espanhol do time britânico de Silverstone.

Alonso admitiu que ficou surpreso com o fato de a ordem de classificação ter sido tão consistente em duas pistas tão diferentes como Silverstone e Hungaroring: "Em Silverstone esperávamos ter um pouco de dificuldade, mas em Budapeste achávamos que seríamos mais fortes. Não foi o caso".

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23, leaves his pit box after a stop

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23, deixa o box após uma parada

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

"Precisamos ver muitas coisas, cabe a nós entender um pouco melhor o que o carro está fazendo agora em comparação com o início da temporada, quantas atualizações trouxemos em comparação com nossos principais concorrentes e, em seguida, entender melhor os novos pneus. Eles são os mesmos para todos, então só precisamos fazer um trabalho melhor", seguiu Alonso, que também falou sobre como a Aston está em meio à guerra de desenvolvimento das escuderias da F1 2023.

"É difícil saber. Quero dizer, toda corrida gostaríamos de entender, e temos muitas perguntas, mas nunca sabemos exatamente. Na Áustria, [o alemão Nico] Hulkenberg e a Haas ficaram em quarto lugar na classificação, todos nós ficamos surpresos. Em Silverstone, a Williams foi muito rápida, todos nós ficamos surpresos. Aqui a Alfa Romeo foi muito rápida, ficamos todos surpresos. Mas, na corrida, normalmente tudo se equilibra e as grandes equipes terminam na frente."

"Mas, sim, estamos 'na parte de trás' dessas equipes de ponta. Portanto, precisamos voltar para a frente desse grupo. Sempre tentamos fazer as coisas como todo mundo faz. Portanto, não é que todo mundo simplesmente termine o desenvolvimento e espere até o próximo ano. Todos nós tentaremos trazer coisas. Algumas dessas coisas funcionam melhor do que o esperado às vezes, outras funcionam pior do que o esperado, e esperamos que o nosso próximo passo seja bom."

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #239 – O que esperar de Ricciardo em retorno à F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Vandoorne pilotará pela Aston Martin no teste da Pirelli em Spa
Próximo artigo Norris comenta rumores sobre saída da McLaren e fala de fase na F1

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil