Após atraso no asfalto, México se diz pronto para inspeção da FIA

Circuito Hermanos Rodriguez recebe a sua primeira corrida de F1 desde 1992

Após atraso no asfalto, México se diz pronto para inspeção da FIA
Autódromo Hermanos Rodriguez
Autódromo Hermanos Rodriguez
Melhorias no Autódromo Hermanos Rodriguez
Emerson Fittipaldi, embaixador do GP do México
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing testa o novo circuito do GP do México
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing testa o novo circuito do GP do México
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing testa o novo circuito do GP do México
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing testa o novo circuito do GP do México
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing testa o novo circuito do GP do México

Promotor do GP do México de Fórmula 1, o promotor Federico Gonzalez afirmou que a pista está pronta para a inspeção final da FIA, apesar dos pequenos atrasos para a colocação da última camada de asfalto. 

Como o trabalho do remodelamento da pista do circuito da Cidade do Mexico foi completado há menos de um ano, os organizadores tiveram de adiar a última camada de asfalto em razão das más condições climáticas.

“A chuva tornou tudo mais difícil, mas fizemos testes e o Hermann Tilke (designer de pistas da F1) enviou o seu especialista de asfaltos para que tudo fosse completo da melhor maneira possível”, disse Federico Gonzalez, promotor do GP.

“Ele veio e supervisionou tudo, e fez algumas mudanças. Portanto estamos bem”, completou.

Diretor de corridas da F1, Charlie Whiting viajou essa semana ao México para uma inspeção na pista, e Gonzalez afirmou que está contente que o autódromo está completo, restando apenas algumas áreas para os espectadores.

“Estamos trabalhando duro nisso, por isso estamos com 95% prontos, portanto um pouco atrás da programação, mas estamos confiantes que terminamos tudo no prazo”, disse.

Gonzalez admitiu que fazer a pista ficar pronta para o retorno à F1 não foi nada fácil, porém acredito que o sucesso do evento será uma satisfação.

“Para nós foi uma difícil curva de aprendizagem. Esse foi um projeto enorme, cheio de detalhes e coisas internacionais. E como a construção ocorreu em um período curto de tempo, foi desafiador.”

Depois do primeiro pacote de ingressos ter se esgotado imediatamente, os organizadores ampliaram a capacidade para 100 mil espectadores, e somente alguns lugares estão disponíveis.

O promotor afirmou que o terceiro lugar de Sergio Perez no GP da Rússia ajudou a crescer ainda mais o interesse dos torcedores astecas.

“Não podia ocorrer em um momento melhor. Isso nos ajudou porque a percepção do Checo Perez ser um herói nacional não podia ser melhor.”

compartilhar
comentários
Mosley teme que as montadoras tenham tomado o controle da F1
Artigo anterior

Mosley teme que as montadoras tenham tomado o controle da F1

Próximo artigo

Lewis Hamilton adota precaução sobre tri: "nada assegurado"

Lewis Hamilton adota precaução sobre tri: "nada assegurado"
Carregar comentários