Últimas notícias

F1: Hamilton e Alonso participam de testes da Pirelli na Espanha

Pirelli iniciou dois dias de testes em Jerez com Mercedes e Aston Martin para desenvolver slicks de 2025. Heptacampeão volta a pilotar W14 pela primeira vez, após assinar contrato com Ferrari

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG

Steve Etherington / Motorsport Images

Mercedes e Aston Martin estão ocupadas hoje e amanhã com os testes da Pirelli no circuito de Jerez de la Frontera. A companhia milanesa continua com o desenvolvimento dos pneus da Fórmula 1 de 2025, depois da sessão com a Ferrari em Barcelona, com os dois pilotos titulares, Charles Leclerc e Carlos Sainz, alternando-se ao volante de um SF-23.

Leia também:

Na Andaluzia, os técnicos esperam encontrar condições de temperatura mais favoráveis ​​do que as observadas em Montmelò, quando fez bastante frio (12-14 graus em média no asfalto).

O objetivo da equipe liderada por Mario Isola é estudar e controlar o superaquecimento dos pneus, questão que não é fácil de analisar porque o ideal seria parar o carro no momento em que o piloto vir na tela do volante que ele chegou ao superaquecimento. O ideal seria que os engenheiros italianos pudessem colher dados no exato momento em que os pneus superaquecem.

Na realidade, as equipes executam um plano de trabalho para o qual não há paradas na pista, mas que haja a conclusão normal do stint que, no entanto, provoca alterações nas condições químicas no momento do recolhimento da informação. Neste caso, é muito importante não só recolher os dados de telemetria, mas também as indicações dos pilotos, que podem avaliar as alterações no comportamento dos pneus independentemente do tempo de volta.

Não é por acaso, portanto, que neste plano de testes da Pirelli as equipes envolvam apenas os pilotos de fábrica: hoje em Jerez de la Frontera, Lewis Hamilton no Mercedes W14 e Fernando Alonso no Aston Martin AMR23 estão ocupados. Tanto o inglês como o espanhol poderão dar uma importante contribuição para o desenvolvimento de pneus lisos no último ano na configuração de 18 polegadas, visto que a partir de 2026 a F1 decidiu mudar para 16 polegadas para ajudar a reduzir o peso dos carros.

Amanhã será a vez de George Russell Lance Stroll. Recordemos que no dia em que a sensacional mudança de Hamilton para a Ferrari se tornou realidade, o jovem britânico esteve em Milão, na sede da Pirelli, para participar numa reunião de pré-temporada que a equipe Mercedes tinha agendada com os responsáveis ​​do fornecedor.

As CONSEQUÊNCIAS do 'fico' de Norris: RED BULL vai atrás de QUEM agora que Lando ficará na McLaren?

Podcast #267 - Par ou ímpar: Renovados, quem você escolheria entre Norris e Leclerc?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Red Bull marca audiência de caso Horner e possível substituto já é apontado, diz imprensa alemã
Próximo artigo F1: Albon e chefe da Williams divergem sobre futuro do piloto; entenda

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil