F1: Hamilton espera que Vettel tenha "algo positivo" em 2021

Piloto britânico da Mercedes deseja coisas boas para o alemão, que deixará a Ferrari

F1: Hamilton espera que Vettel tenha "algo positivo" em 2021

Hexacampeão da Fórmula 1, o piloto britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, espera que o alemão Sebastian Vettel, seu maior rival nos últimos anos, tenha “algo realmente positivo” em 2021. O detentor de quatro títulos mundiais deixará a Ferrari no fim de 2020.

Para Hamilton, a forma com a qual Vettel vem lidando com sua iminente saída do time de Maranello prova sua força de caráter. ‘Seb’ ainda não tem futuro definido, apesar de negociar com a Racing Point/Aston Martin para a próxima temporada.

Leia também:

Questionado sobre Vettel, Hamilton não quis falar sobre o futuro, mas elogiou o rival: “Vi a corrida difícil que ele teve anteriormente [em Silverstone] e tudo o que posso tentar fazer é sentir empatia com a posição em que ele está e tentar ser compreensivo”.

“Porque nunca será uma grande sensação saber que você não continuará dentro da equipe. Quando você se junta a uma equipe e entra em um time, você dá tudo de si, você dá seu coração”, seguiu o hexacampeão.

“Mas a forma com a qual ele continua a tentar ajudar a equipe apenas mostra o grande carácter que ele tem e [o seu] empenho nas corridas. Espero que algo realmente positivo aconteça para ele seguir em frente.”

Rivalidade e mercado

Tetracampeão entre 2010 e 2013, Vettel tem sido um dos maiores rivais de Hamilton na F1. Ambos fizeram sua estreia na categoria em 2007 e estiveram envolvidos simultaneamente em brigas por títulos em 2010, 2012, 2017 e 2018. Nestas últimas duas temporadas, a dupla disputou de forma quase binária, mas Vettel perdeu para Hamilton em ambas as ocasiões. O britânico também foi campeão em 2008, 2014, 2015 e 2019.

Desde que a saída de Vettel da Ferrari foi confirmada, o mercado de pilotos mudou, com poucas vagas restantes. Se o alemão não for para a Aston Martin, restariam oportunidades realistas apenas na Haas ou na Alfa Romeo, caso o tetracampeão queira ficar na F1.

Vettel nunca demonstrou vontade de correr em outra categoria e pode ter um ano sabático em 2021. Na Red Bull, pela qual conquistou seus quatro títulos, as portas já foram fechadas pelo chefe Christian Horner.

Já Hamilton deve seguir com a Mercedes, pela qual corre desde 2013, mas ainda não houve um acordo com a equipe. As partes seguem as negociações, mas é amplamente esperado que o piloto assine um novo contrato com o time alemão.

O único campeão mundial confirmado formalmente no grid para 2021 é o espanhol Fernando Alonso, que retornará com a Renault após dois anos fora da F1. Foi com a equipe francesa que o piloto venceu seus dois títulos, em 2005 e 2006.

Com Senna na ‘pole’, lista dos mais rápidos da F1 tem Prost só em 20º e ‘zebras’; veja

O que resta para Massa no automobilismo após sair de sua equipe na Fórmula E? Ouça

 

.

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Mesmo com Senna na ‘pole’, lista dos mais rápidos da F1 tem Prost só em 20º e ‘zebras’ polêmicas

Artigo anterior

Mesmo com Senna na ‘pole’, lista dos mais rápidos da F1 tem Prost só em 20º e ‘zebras’ polêmicas

Próximo artigo

“Decisão errada” pode ter custado dobradinha da Mercedes no GP da Espanha

“Decisão errada” pode ter custado dobradinha da Mercedes no GP da Espanha
Carregar comentários