F1: Hamilton sabia que Mercedes teria novas atualizações nas próximas corridas

Heptacampeão disse que equipe começa a entender melhor o carro e de onde precisam extrair mais performance

F1: Hamilton sabia que Mercedes teria novas atualizações nas próximas corridas
Carregar reprodutor de áudio

Lewis Hamilton admitiu nas coletivas de imprensa desta quinta (01) antes do GP da Áustria de Fórmula 1 que ele sabia que a Mercedes planejava trazer atualizações para o W12 nas próximas corridas da temporada 2021 apesar da decisão da equipe de focar no desenvolvimento do carro de 2022.

Em meio à derrota para Max Verstappen no GP da Estíria, Hamilton cobrou atualizações da Mercedes após ver que era "impossível" seguir a Red Bull.

Leia também:

A vitória fez com que Verstappen aumentasse sua vantagem para Hamilton no Mundial de Pilotos para 18 pontos, enquanto a Red Bull acumula triunfos nas últimas quatro corridas.

Após o GP da Estíria, Toto Wolff revelou que o desenvolvimento do carro de 2021 havia sido interrompido para focar recursos em 2022, mas o diretor técnico, James Allison, clarificou que há atualizações já em fase de preparação para o carro.

"Temos um número razoável de coisas para tornar nosso carro mais rápido nas próximas corridas e, com sorte, elas se mostrarão suficientes", disse Allison.

Questionado sobre os comentários de Allison, Hamilton reconheceu que sabia da existência das atualizações, mas voltou a cobrar a Mercedes para extrair mais do carro.

"Sim, eu sabia da atualização. Mas, no fim do dia, todos estão dando o seu melhor. Estamos aprendendo mais e mais sobre o carro, estamos descobrindo onde precisamos dar e extrair mais. Tenho toda a confiança na equipe de que faremos mais ao longo do tempo".

Hamilton não venceu nenhuma das últimas quatro corridas, sendo seu maior jejum sem vitórias desde 2017-2018, quando chegou a seis provas consecutivas sem chegar ao degrau mais alto do pódio

Mesmo admitindo a dificuldade, Hamilton não joga a toalha para a ameaça da Red Bull, afirmando que a temporada ainda é longa.

"Obviamente eles fizeram um ótimo trabalho nessas últimas quatro corridas. Tem sido muito difícil para nós desde Mônaco, que foi um desastre, e o mesmo para Baku".

"Na França e no último final de semana foi melhor, mas eles deram um passo adiante. Então seguimos dando o nosso melhor para reduzir essa diferença. Ainda não chegamos na metade da temporada, então sigo na luta pelo título".

EXCLUSIVO: Entenda o que há de REAL no discurso da MERCEDES de ABANDONAR temporada e pensar em 2022

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Mercedes jogou a toalha para 2021 após derrota na Estíria?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Verstappen acredita que GP será "mais desafiador que o da semana passada"
Artigo anterior

F1: Verstappen acredita que GP será "mais desafiador que o da semana passada"

Próximo artigo

Mulher de Zanardi relata que piloto ainda não fala e continua em recuperação

Mulher de Zanardi relata que piloto ainda não fala e continua em recuperação
Carregar comentários