Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
24 dias
06 mai
Próximo evento em
66 dias
20 mai
Próximo evento em
80 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
94 dias
10 jun
Próximo evento em
101 dias
24 jun
Próximo evento em
115 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
122 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
136 dias
29 jul
Próximo evento em
150 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
178 dias
02 set
Próximo evento em
185 dias
09 set
Próximo evento em
192 dias
23 set
Próximo evento em
206 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
213 dias
07 out
Próximo evento em
220 dias
21 out
Próximo evento em
234 dias
28 out
Próximo evento em
241 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
277 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
286 dias

F1: Mercedes já compensou redução aerodinâmica de 2021; entenda

Testes do novo ajuste aerodinâmico imposto pela FIA para o ano que vem geraram resultados satisfatórios para a equipe alemã

compartilhar
comentários
F1: Mercedes já compensou redução aerodinâmica de 2021; entenda

A Mercedes já encontrou neste ano o equilíbrio aerodinâmico do W11 que será utilizado na próxima temporada, apesar das mudanças impostas pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) para o assoalho dos carros em 2021, que devem reduzir 10% do downforce. Os engenheiros do time de James Allison já encontraram a solução e também poderão contar com uma unidade de potência com capacidade de mais 25 cavalos.

Leia também:

Os desenvolvimentos que foram testados no túnel de vento geraram ótimos resultados, porque o W11 da próxima temporada terá um downforce semelhante ao deste ano.

A FIA aprovou uma redução da carga aerodinâmica que seria de 10% devido a mudanças no chassi para reduzir o desgaste dos pneus.

Além desta disposição, será exigida uma intervenção no difusor traseiro com as anteparas verticais que devem ser 50 milímetros mais curtas e o fim dos furos usados à frente do pneu traseiro, que ajudam a mitigar os efeitos do "esguicho do pneu" - um fenômeno causado pela deformação do pneu traseiro, que reduz o desempenho do difusor à medida que jatos de ar são empurrados lateralmente em sua direção. Saiba mais sobre as mudanças.

Se considerarmos que mesmo as informações relativas à nova unidade de energia que está sendo gestada na fábrica da Mercedes em Brixworth indicam desenvolvimentos muito interessantes no campo de novos materiais e combustíveis, é fácil prever um grande salto de desempenho. Essas mudanças farão com que a Mercedes não fique mais lenta mesmo com as novas regras, que poderiam diminuir sua velocidade.

Hamilton REVELA ‘defeito’ da Mercedes e mostra como a equipe minimizou o problema

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Hamilton x Schumacher:  a comparação entre os campeões da F1

 

.

F1: Albon crê estar no "caminho certo" para ficar na Red Bull

Artigo anterior

F1: Albon crê estar no "caminho certo" para ficar na Red Bull

Próximo artigo

F1 vai permanecer com energia híbrida, diz chefe de estratégia; confira

F1 vai permanecer com energia híbrida, diz chefe de estratégia; confira
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton , Valtteri Bottas
Equipes Mercedes
Autor Franco Nugnes