F1: Norris acredita que resultado da Austrália é o melhor que McLaren pode fazer por enquanto

Piloto britânico destacou que, apesar de um caminho difícil pela frente, o resultado em Melbourne é importante para manter a moral na equipe

F1: Norris acredita que resultado da Austrália é o melhor que McLaren pode fazer por enquanto
Carregar reprodutor de áudio

Lando Norris, piloto da McLaren, alertou que os resultados obtidos pela equipe britânica no GP da Austrália de Fórmula 1 podem ser o melhor que o time pode fazer por enquanto, sendo consequência de como o MCL36 se adaptou bem à nova pista de Melbourne.

Após disputar duramente contra a Ferrari pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores de 2021, a McLaren deu vários passos para trás com a chegada do novo regulamento, fazendo apena seis pontos nas duas primeiras corridas.

Leia também:

Mas enquanto a McLaren sequer conseguiu passar para o Q3 no Bahrein ou na Arábia Saudita, a situação mudou na Austrália, com Norris garantindo a quarta posição no grid de largada, enquanto seu companheiro Daniel Ricciardo foi o sétimo.

Enquanto ambos não puderam resistir aos ataques das Mercedes na corrida do domingo, os abandonos de Carlos Sainz e Max Verstappen permitiram que eles terminassem em quinto e sexto, subindo a McLaren de oitavo para quarto no Mundial de Construtores.

Ricciardo disse ter ficado encorajado pelo "mega" resultado em casa, mas Norris trata com mais cautela, afirmando que esse pode ser o melhor resultado da equipe por enquanto, já que o circuito do Albert Park parece ter casado bem com o MCL36, que não passou por mudanças substanciais em comparação à configuração usada nas provas anteriores.

"O carro estava bem desde o TL1 e ao longo do fim de semana todo, o que é ótimo. Mostra que ainda há essas forças no carro", disse Norris ao Motorsport.com. "Precisamos apenas seguir trabalhando nas fraquezas, para ser honesto, se queremos estar aqui com mais frequência, porque nem todas as pistas são tão suaves e rápidas quanto essa".

"Então acho que esse pode ser o nosso melhor por enquanto, e estamos a caminho de algumas pistas que podem ser mais difíceis por enquanto".

Lando Norris, McLaren MCL36

Lando Norris, McLaren MCL36

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

"Mas a equipe está motivada. Acho que um dia como esse ajuda a todos, deixa todos felizes, então é um bom resultado para a equipe".

Norris admitiu que queria em tentar alcançar as Mercedes à frente após uma largada ruim, mas admite que a equipe alemã ainda é muito rápida para a McLaren.

"Eu queria lutar com a Mercedes um pouco mais do que fizemos. Se eu estivesse à frente na primeira curva sem uma largada ruim, eles teriam nos passado em algum momento de qualquer jeito, então não posso ficar muito irritado. Acho que temos que ficar felizes com o trabalho que fizemos porque o carro deles é muito melhor".

"Vimos no Bahrein o quão mais rápidos eles eram e o carro de hoje é basicamente o mesmo que usamos lá. Não mudamos muito, mas mostra que ainda temos muito trabalho para fazer. Quinto e sexto ainda é um ótimo resultado. Teria sido pior se as duas Ferraris e Red Bulls estivessem à frente. Capitalizamos em cima das falhas dos outros".

"Mas ainda conquistamos alguns bons pontos, então temos que ficar felizes com isso".

Leclerc IMITA Rosberg, chega à MARCA DE CAMPEÃO e iguala ALONSO; já MAX tem taxa PIOR que LATIFI

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #173: Qual tamanho dos problemas de Verstappen e Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Primeiro motor produzido pela Red Bull Powertrains será testado ainda em 2022
Artigo anterior

F1: Primeiro motor produzido pela Red Bull Powertrains será testado ainda em 2022

Próximo artigo

Em meio a rumores sobre retirada do calendário, GP de Mônaco revela que está próximo de renovar com F1

Em meio a rumores sobre retirada do calendário, GP de Mônaco revela que está próximo de renovar com F1