F1: Sétimo colocado, Hamilton terá "discussão séria" com Mercedes

Britânico disse que a equipe "não fez as coisas como deveria" nos treinos e classificação para o GP de Mônaco, ele largará apenas da quarta fila

F1: Sétimo colocado, Hamilton terá "discussão séria" com Mercedes

Lewis Hamilton largará de uma posição que não está muito acostumado no GP de Mônaco de Fórmula 1 deste domingo (23), o heptacampeão conseguiu apenas o sétimo melhor tempo e verá seu rival pelo campeonato, Max Verstappen, sair da segunda colocação e seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, do terceiro posto.

A dificuldade em encontrar a temperatura ideal para os pneus foi um dos motivos para o mau resultado do britânico, mas Hamilton disse depois que a Mercedes poderia ter feito um trabalho melhor.

Leia também:

"Haverá algumas discussões sérias com meus engenheiros esta noite, ou talvez depois do fim de semana", disse o piloto. "Há coisas que deveriam ter sido feitas e não foram, mas vamos aprender com isso juntos e estaremos fortes na próxima corrida."

Questionado se poderia explicar o que sua escuderia deveria ter feito, ele foi claro: "Não posso, na verdade, e também não quero criticar a equipe, farei isso a portas fechadas. E temos que trabalhar mais duro."

Segundo Hamilton, os treinos de quinta-feira não foram encorajadores e o acerto do carro o colocou longe da disputa após os trabalhos serem retomados no sábado.

"Fizemos muitas mudanças depois do TL3, que foi um desastre", disse. "E isso é devido ao trabalho dos últimos dias. Foi na direção completamente errada, falhei completamente. Tentamos dar alguns passos para trás, mas o carro estava pior do que nunca. Então acho que realmente perdemos o rumo no primeiro dia."

O britânico ainda se manifestou no Twitter sobre o desempenho na classificação:

 

"O fracasso nunca é bom, mas nos oferece oportunidades de crescimento. Sofremos no fim de semana por muitas razões diferentes, mas vencemos e perdemos juntos. Amanhã vai ser duro, se tiver tempo, faça uma dancinha da chuva para mim"

Aquecimento dos pneus

A Mercedes é conhecida por não trocar os compostos tão rapidamente como as rivais Ferrari e Red Bull, mas o piloto disse que não houve um ponto em que ele se sentisse confortável.

"Definitivamente lutamos [com a temperatura] e acho que isso é decisivo aqui [Mônaco] sendo que é obviamente um circuito de baixa velocidade. Na verdade, não há áreas de alta e hoje estava muito mais frio. Então, piorou com o passar do dia. Não sei como o Valtteri conseguiu fazer os pneus funcionarem. Encontrei um pouco de aderência na última volta, mas é muito curta. Faremos muitas análises."

"Claro que P7 não é um bom lugar para começar aqui, mas terei de fazer o que puder para melhorar os resultados amanhã. Vou tentar e ver o que conseguimos."

Piquet: Verstappen engoliria Hamilton na Mercedes

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Rico Penteado decifra o que deve acontecer no GP de Mônaco

 

compartilhar
comentários
Barrichello se emociona ao reencontrar Mick Schumacher em Mônaco: "Especial"

Artigo anterior

Barrichello se emociona ao reencontrar Mick Schumacher em Mônaco: "Especial"

Próximo artigo

Sainz: "Disputo a pole pela primeira vez na vida e não posso fazer a volta"

Sainz: "Disputo a pole pela primeira vez na vida e não posso fazer a volta"
Carregar comentários