Haas afirma que trata caso de Mazepin "com muita seriedade"

Gunther Steiner disse que vai conversar com o russo sobre seu comportamento em geral após uma série de incidentes ao longo dos anos

Haas afirma que trata caso de Mazepin "com muita seriedade"
Carregar reprodutor de áudio

O chefe da Haas na Fórmula 1, Gunther Steiner, afirmou que a equipe está sim tratando o incidente com Nikita Mazepin "com muita seriedade", mas pediu privacidade enquanto lida com o caso.

Na quarta-feira, foi publicado um vídeo nas redes sociais mostrando o piloto de 2021 da Haas tocando de modo inapropriado o peito de uma mulher que estava no banco de trás de um carro. Apesar de ter sido rapidamente deletado, o vídeo foi capturado e compartilhado, levando a equipe e o piloto a divulgarem comunicados.

Leia também:

Mazepin pediu desculpas por suas ações, enquanto a Haas afirmou que lidaria com o caso internamente, chamando a atitude do russo de "abominável".

Falando na quinta, antes do GP de Abu Dhabi, Steiner reforçou que a equipe está tratando o caso com toda a seriedade necessária.

"Estamos tratando o caso com muita seriedade, como foi divulgado em nosso comunicado", disse Steiner em entrevista ao Motorsport.com na quinta. "Só quero reforçar que vamos lidar com isso".

"Não vou entrar em detalhes sobre o que vamos fazer e como vamos fazer, mas o caso será tratado com seriedade e vamos resolver isso. Não posso dizer nada mais do que isso".

Esse é apenas mais um incidente envolvendo Mazepin dentro e fora das pistas. Na última etapa da F2, no Bahrein, ele tomou duas punições por defender a posição jogando Guanyu Zhou e Felipe Drugovich em cima do muro. Ele ainda ficou a um ponto de ser proibido de correr sua estreia na F1.

Em 2016, quando corrida na Fórmula 3 Europeia, Mazepin também foi banido por uma corrida após dar um soco em Callum Ilott, deixando o britânico com cortes e inchaço na mandíbula.

Perguntado se a Haas precisa conversar com Mazepin sobre sua conduta em geral, Steiner responder: "É parte do que precisamos tratar, vamos falar com ele sobre isso de modo privado".

"Prefiro não ir a público falar sobre como vamos fazer isso. Prefiro não fazer mais comentários. O que posso fazer é pedir às pessoas que respeitem essa privacidade, porque vamos tratar isso com seriedade. Vamos lidar com isso".

Na quinta, a F1 e a FIA divulgaram um comunicado conjunto apoiando a decisão da Haas.

"Os princípios éticos de diversidade e cultura de inclusão em nosso esporte estão entre os mais importantes para a FIA e a Fórmula 1".

Todas as notícias sobre o GP de Abu Dhabi de F1 você acompanha no Motorsport.com e em nosso canal no YouTube. Fique por dentro de todas as novidades e análises, além de conferir nossos programas e vídeos!

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

TELEMETRIA: Entenda IMPACTO de Russell na Mercedes e raio-x de GP de Abu Dhabi com Rico Penteado

PODCAST: 'Show' de Russell pode gerar problema para Mercedes?

 

compartilhar
comentários
Com futuro incerto na F1, Fittipaldi fala qual seria "cenário ideal" para 2021
Artigo anterior

Com futuro incerto na F1, Fittipaldi fala qual seria "cenário ideal" para 2021

Próximo artigo

F1: Russell esclarece comentários sobre ida à Mercedes antes de 2022

F1: Russell esclarece comentários sobre ida à Mercedes antes de 2022
Carregar comentários