Marko diz que fracasso de Vettel na Ferrari foi causado por "insegurança" desde GP da Alemanha de 2018

Polêmico consultor esportivo da Red Bull atribui início de queda livre de alemão ao erro em Hockenheim em 2018

Marko diz que fracasso de Vettel na Ferrari foi causado por "insegurança" desde GP da Alemanha de 2018

O fracasso de Sebastian Vettel em entregar tudo o que queria na Ferrari foi causado pela "insegurança" como resultado de sua batida no GP da Alemanha de 2018, é o que disse o consultor esportivo da Red Bull, Helmut Marko.

O tetracampeão mundial esperava somar mais títulos em sua carreira na Ferrari, após ingressar na equipe em 2015, mas no final, ficou aquém dessa meta e a equipe optou por não continuar com ele neste ano.

Leia também:

Em meio a algumas dificuldades nos últimos dois anos, que incluíram desempenhos sem brilho e erros, alguns questionaram se Vettel havia passado de seu melhor como piloto de F1.

Marko acredita que Vettel realmente perdeu sua confiança na Ferrari nos últimos anos, e isso é tudo um legado do que aconteceu em Hockenheim em 2018.

Naquela época, Vettel estava no topo do campeonato mundial e liderando desde a pole position da corrida, quando cometeu um erro e bateu em condições de chuva fraca. O incidente abriu a porta para o eventual campeão Lewis Hamilton levar uma vitória crucial.

Marko acredita que o erro de Vettel teve um impacto duradouro, que se prolongou quando a equipe passou de Maurizio Arrivabene como chefe, para Mattia Binotto.

“Acho que é uma insegurança que começou, a meu ver, com acidente em Hockenheim em 2018, enquanto liderava”, disse Marko ao Motorsport.com em entrevista exclusiva.

“Naquela época, Arrivabene ainda era o chefe da equipe. A partir daí, a relação com a Ferrari foi de mal a pior. O quanto ele estava em desvantagem em termos de material, não posso dizer, mas é preciso dizer que ele cometeu muitos erros sozinho.”

“Com este acidente, a incerteza se instalou e a direção muitas vezes não estava no nível de Vettel”.

Questionado se ele acreditava que Vettel poderia redescobrir sua melhor forma ao se juntar à Aston Martin neste ano, Marko disse: “Espero que sim, pelo bem dele”.

Marko e Vettel criaram um vínculo forte na Red Bull, com o alemão conquistando todos os quatro títulos mundiais pelo time de Milton Keynes.

Vettel foi vinculado no início do ano passado a um possível retorno à Red Bull em meio à incertezas sobre seu futuro na F1, mas a equipe deixou claro que nunca o considerou na época em que ele estava disponível, porque estava comprometido com Alex Albon naquele momento.

No final, Vettel assinou com a Aston Martin e a Red Bull optou por Sergio Pérez como companheiro de equipe de Max Verstappen em 2021.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Confira DEZ motivos para ficar ligado na temporada de 2021 da F1

PODCAST: Quem ou quais foram os maiores fiascos da F1 em 2020?

 

compartilhar
comentários
F1: Apesar de domínio, Mercedes ainda é assombrada por “pessimismo”, diz Wolff

Artigo anterior

F1: Apesar de domínio, Mercedes ainda é assombrada por “pessimismo”, diz Wolff

Próximo artigo

F1: Aston Martin lançará carro com nova pintura em fevereiro

F1: Aston Martin lançará carro com nova pintura em fevereiro
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble