Mercedes e AMG se aproximarão para botar tecnologia da F1 em carros de rua

Reunião com investidores revelou compromisso da Mercedes com a eletrificação nos próximos anos

Mercedes e AMG se aproximarão para botar tecnologia da F1 em carros de rua
Carregar reprodutor de áudio

A Mercedes reafirmou seu compromisso com a Fórmula 1 e planeja estreitar os laços entre sua equipe e sua divisão esportiva AMG a partir de 2021. Como parte de uma nova estratégia global que a Mercedes revelou aos investidores na terça-feira, a montadora alemã deixou claro seu compromisso total com a eletrificação.

Isso incluirá uma nova gama de veículos elétricos e um impulso específico com suas submarcas, incluindo Maybach, G, EQ e AMG. Com o último focando o desempenho final dos produtos da Mercedes, planos foram anunciados para melhorar os laços entre a marca AMG e sua equipe de F1.

O editor recomenda:

Já existe o carro de estrada Project One, que está equipado com um motor híbrido turbo de F1 e será lançado no próximo ano, mas os planos vão se estender bem além disso.

Entende-se que haverá ligações de marketing muito mais estreitas entre a equipe de F1 e a AMG, uma maior cooperação na transferência de tecnologia de carros de corrida para carros de rua, além de uma maior presença na pintura do carro da equipe.

Isso significa que os logotipos da AMG terão uma presença maior nos carros de F1 do que no momento.

Falando durante uma ligação com os investidores na última terça-feira, o CEO da Mercedes, Ola Kallenius, disse: "Usaremos o desenvolvimento de tecnologia na Fórmula 1 para híbridos de desempenho e entraremos em outras tecnologias empolgantes no futuro, e colocaremos isso em nossos carros AMG”.

"Com o Project One, estamos pegando o motor da Fórmula 1 e colocando-o na estrada. Portanto, é natural para nós aproveitar ainda mais a Fórmula 1 para que a AMG siga em frente”.

Embora o desafio que os fabricantes de automóveis enfrentam ao avançar para a eletrificação tenha levado a Honda a decidir retirar seu projeto na Fórmula 1 no final do ano que vem, a Mercedes deixou claro que vê o valor e o desafio técnico da F1 como a chave para seu futuro.

Assim como os laços mais estreitos AMG/F1, a Mercedes fará uso de sua infraestrutura atual da F1 para ajudar a impulsionar sua tecnologia de carros de estrada para o próximo nível.

Como parte do que está chamando de programa de tecnologia Vision EQXX, ela quer construir um veículo elétrico com um alcance enorme além do que é possível com as baterias atuais. Foi criada uma força de trabalho especial em Stuttgart, que contará com especialistas em F1 da Mercedes de seu grupo Brixworth High Performance Powertrains para ajudar neste projeto.

Os detalhes da carta de Chase Carey sobre GP do Brasil e o que falta para o Rio ser confirmado na F1

PODCAST Motorsport.com debate: a F1 perde força com a saída da Honda no fim de 2021?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
TELEMETRIA: Kimi e Mick na Alfa em 2021? O GP de Eifel com Rico Penteado e participação de Gabriel Bortoleto
Artigo anterior

TELEMETRIA: Kimi e Mick na Alfa em 2021? O GP de Eifel com Rico Penteado e participação de Gabriel Bortoleto

Próximo artigo

Ricciardo lembra de período pré-F1 e compara Liuzzi com Schumacher e Merhi com Verstappen

Ricciardo lembra de período pré-F1 e compara Liuzzi com Schumacher e Merhi com Verstappen
Carregar comentários