Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Treino Livre 3 em
03 Horas
:
39 Minutos
:
25 Segundos
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
11 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
53 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
60 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
24 set
-
27 set
Próximo evento em
81 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
109 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
116 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
130 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
144 dias

Mercedes terá reunião que pode definir saída da F1 em 2020, diz site

compartilhar
comentários
Mercedes terá reunião que pode definir saída da F1 em 2020, diz site
Por:
29 de jan de 2020 12:27

Reunião que poderá definir futuro de equipe deve ser realizada no dia 12 de fevereiro. Fabricante alemã deve permanecer como fornecedora de unidades

Uma bomba pode estar prestes a cair no mundo da F1. Segundo o site Autocar, a equipe Mercedes pode deixar a categoria já ao final de 2020. Segundo a publicação, uma reunião do conselho da Daimler, empresa que controladora, está marcada para o dia 12 de fevereiro para definir o futuro do time que venceu todos os campeonatos desde o início da era híbrida da F1.

Embora nenhuma definição ainda tenha sido tomada, o site sugere que a decisão de deixar o esporte está sob séria consideração. Isso ocorre quando a Mercedes luta para conter resultados financeiros ruins, redirecionar o investimento em pesquisa e desenvolvimento para tecnologias de carros de rua e aliviar a pressão para reduzir suas emissões de carbono.

Leia também:

Os alemães podem tomar a decisão quanto antes, a fim de conter os gastos para a temporada 2021.  

A Mercedes deve continuar na F1 como fornecedora de motores, já que possui contratos com a McLaren, Racing Point e Williams.

Isso permitiria que a empresa continuasse a ter uma presença de alto nível no esporte por meio do que se acredita ser um canal de lucro. A divisão de motores F1 da Mercedes está sediada em Brixworth, no Reino Unido, e também contribuiu com conhecimentos para os projetos de carros de rua da empresa.

A Mercedes estabeleceu publicamente a meta de economizar 1,4 bilhão de euros (aproximadamente R$ 6.5 bilhões) até o final de 2022 e anunciou uma série de cortes de empregos e investimentos no final do ano passado em direção a esse objetivo.

Tabelinha entre Toto Wolff e Lawrence Stroll

Talvez o efeito mais intrigante da decisão seja para quem a propriedade da equipe Mercedes F1 seja transferida. Fontes sugerem que um plano está em vigor para o chefe da equipe, Toto Wolff, que já é um acionista da equipe, assuma o controle, trabalhando com Lawrence Stroll, atual proprietário da Racing Point e investidor da Aston Martin.

É sugerido que o par invista respectivamente na equipe e na Aston Martin, com uma fonte alegando que Wolff está avaliando a oportunidade de assumir uma alta posição na divisão de carros de rua da Aston Martin e uma equipe oficial da Aston Martin na F1.

Relembre todos os carros da Mercedes na F1

Galeria
Lista

1954: Mercedes-Benz W 196 R

1954: Mercedes-Benz W 196 R
1/13

Foto de: Daimler AG

1954: Mercedes-Benz W 196 R

1954: Mercedes-Benz W 196 R
2/13

Foto de: Daimler AG

1955: Mercedes-Benz W 196 R

1955: Mercedes-Benz W 196 R
3/13

Foto de: Daimler AG

2010: Mercedes MGP W01

2010: Mercedes MGP W01
4/13

Foto de: XPB Images

2011: Mercedes MGP W02

2011: Mercedes MGP W02
5/13

Foto de: XPB Images

2012: Mercedes F1 W03

2012: Mercedes F1 W03
6/13

Foto de: XPB Images

2013: Mercedes F1 W04

2013: Mercedes F1 W04
7/13

Foto de: XPB Images

2014: Mercedes F1 W05 Hybrid

2014: Mercedes F1 W05 Hybrid
8/13

Foto de: XPB Images

2015: Mercedes F1 W06 Hybrid

2015: Mercedes F1 W06 Hybrid
9/13

Foto de: XPB Images

2016: Mercedes F1 W07 Hybrid

2016: Mercedes F1 W07 Hybrid
10/13

Foto de: XPB Images

2017: Mercedes F1 W08 Hybrid

2017: Mercedes F1 W08 Hybrid
11/13

Foto de: Mercedes AMG

2018: Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+

2018: Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+
12/13

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

2019: Mercedes AMG W10

2019: Mercedes AMG W10
13/13

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

No entanto, outras fontes negaram que Wolff tenha algum interesse em assumir um papel de liderança de um fabricante de carros de rua.

Ainda segundo a Autocar, fontes sugerem que se Stroll se envolver, ele venderia a Racing Point para o bilionário russo Dmitry Mazepin. Seu filho, Nikita, é piloto e  já testou para a Force India.

Além disso, há sugestões de que o acordo também possa atrair a montadora chinesa Geely - dona da Lotus, Polestar e Volvo, como investidora da equipe de F1 da Aston Martin. Se isso for concretizado, acredita-se que o acordo seria inicialmente uma cooperação técnica com a opção de expandir o envolvimento com o tempo, potencialmente resultando na Geely adquirindo uma participação substancial da Aston Martin.

Isso deixaria Lewis Hamilton livre para escolher seu futuro, longe da atual Mercedes, e com o caminho aberto para ser companheiro de equipe de Charles Leclerc na Ferrari.

Qual é o carro mais bonito da história da F1?

Galeria
Lista

1988 - Benetton

1988 - Benetton
1/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

1987 - Lotus

1987 - Lotus
2/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

2019 - McLaren

2019 - McLaren
3/36

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

2000 - Jaguar

2000 - Jaguar
4/36

Foto de: Lorenzo Bellanca / Motorsport Images

2014 - Mercedes

2014 - Mercedes
5/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

1992 - Williams

1992 - Williams
6/36

Foto de: LAT Images

1993 - McLaren

1993 - McLaren
7/36

Foto de: LAT Images

1996 - Williams

1996 - Williams
8/36

Foto de: LAT Images

2006 - McLaren Mercedes

2006 - McLaren Mercedes
9/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

2000 - Minardi

2000 - Minardi
10/36

Foto de: Minardi Formula 1

1988 - McLaren

1988 - McLaren
11/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

2004 - Ferrari

2004 - Ferrari
12/36

Foto de: LAT Images

1974 - McLaren

1974 - McLaren
13/36

Foto de: LAT Images

2009 - Brawn

2009 - Brawn
14/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

1994 - Benetton

1994 - Benetton
15/36

Foto de: LAT Images

1999 - Jordan

1999 - Jordan
16/36

Foto de: LAT Images

1983 - Brabham

1983 - Brabham
17/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

2006 - Renault

2006 - Renault
18/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

1987 - Williams

1987 - Williams
19/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

1988 - Leyton House

1988 - Leyton House
20/36

Foto de: LAT Images

1998 - Mika Hakkinen

1998 - Mika Hakkinen
21/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

2010 - Red Bull

2010 - Red Bull
22/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

1990 - Ferrari

1990 - Ferrari
23/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

1986 - Benetton

1986 - Benetton
24/36

Foto de: LAT Images

1997 - Stewart

1997 - Stewart
25/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

1985 - Lotus

1985 - Lotus
26/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

1968 - Lotus

1968 - Lotus
27/36

Foto de: LAT Images

1973 - Lotus

1973 - Lotus
28/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

1976 - Tyrrell

1976 - Tyrrell
29/36

Foto de: LAT Images

1991 - McLaren

1991 - McLaren
30/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

1969 - Lotus

1969 - Lotus
31/36

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

1969 - Matra

1969 - Matra
32/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

2000 - Ferrari

2000 - Ferrari
33/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

1975 - Ferrari

1975 - Ferrari
34/36

Foto de: LAT Images

2010 - Mercedes

2010 - Mercedes
35/36

Foto de: XPB Images

2004 - Williams

2004 - Williams
36/36

Foto de: Sutton Motorsport Images

 

 

Próximo artigo
Quando um bicampeão da F1 dormiu demais no dia da corrida e acabou preso

Artigo anterior

Quando um bicampeão da F1 dormiu demais no dia da corrida e acabou preso

Próximo artigo

Alonso: Rivais não estão explorando "fraquezas" de Hamilton

Alonso: Rivais não estão explorando "fraquezas" de Hamilton
Carregar comentários