Nasr celebra "segurança e estabilidade" na Sauber após venda

Com futuro assegurado, time de Hinwill começa a implantar novidades nos carros de Felipe Nasr e Marcus Ericsson

Nasr celebra "segurança e estabilidade" na Sauber após venda
(L to R): Rio Haryanto, Manor Racing with Felipe Nasr, Sauber F1 Team on the drivers parade
Felipe Nasr, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber C35
(L to R): Kevin Magnussen, Renault Sport F1 Team RS16 and Marcus Ericsson, Sauber C35 battle for position
Felipe Nasr, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber F1 Team
Carregar reprodutor de áudio

A Sauber garantiu o futuro na última quarta-feira (20), com a venda do time para o grupo suíço Longbow, que assume o comando da equipe criada por Peter Sauber. Felipe Nasr revelou que o acordo já surte efeito no trabalho da equipe de Hinwill, permitindo aos suíços a introdução de atualizações no C35.

"Teremos uma nova asa traseira para testar na sexta-feira. Se funcionar, manteremos a peça para os dois carros neste final de semana. Já tínhamos atualizações planejadas, mas faltava o sinal verde para implantá-las - o que temos agora", disse o brasileiro.

"Vai levar um tempo, não conseguiremos implantar tudo de uma vez. Mas ainda temos 11 provas pela frente, se conseguirmos aumentar o desempenho do carro daqui pra frente, tenho certeza de que sentiremos a diferença no fim do ano. Espero que tenhamos o suficiente para brigar por alguns pontos", afirmou.

Além disso, tanto Nasr quanto Marcus Ericsson celebraram o acordo que garante a sobrevivência da Sauber na Fórmula 1. "É ótimo para o time, para todos na verdade. Temos tentado encontrar uma solução há algum tempo. Pelo menos temos uma perspectiva para curto e longo prazo, o que é positivo", disse o brasileiro.

Nasr admitiu ainda que as incertezas sobre o futuro da Sauber geraram muita preocupação nos últimos meses. "Os rumores estavam sempre por aí e nunca tivemos noção de tudo o que acontecia, mas estava claro que a equipe tinha dificuldades", reconheceu.

"Para todo mundo, inclusive para mim, isso dá segurança e estabilidade. Estou certo de que há um futuro brilhante pela frente, com recursos para desenvolver o carro e torná-lo mais competitivo", acrescentou.

Ericsson também celebrou o fim do sufoco financeiro no time suíço. "Ótima notícia! Não era segredo para ninguém que a Sauber vinha passando por um ano difícil, financeiramente falando. Então não éramos capazes de atualizar o carro como gostaríamos. Não dá pra prever o futuro, mas a notícia é excelente para a Sauber", completou.

compartilhar
comentários
Análise Técnica: as hastes do retrovisor da Williams
Artigo anterior

Análise Técnica: as hastes do retrovisor da Williams

Próximo artigo

Hamilton derrota Rosberg em primeira sessão na Hungria

Hamilton derrota Rosberg em primeira sessão na Hungria
Carregar comentários