Para chefão da Ferrari, pneus são a chave para salvar 2016

Maurizio Arrivabene: "se não conseguimos largar nas posições de frente então vamos enfrentar outros problemas

Para chefão da Ferrari, pneus são a chave para salvar 2016
Maurizio Arrivabene, Ferrari Team Principal
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H and team mate Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H in the pits
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Daniil Kvyat, Red Bull Racing RB12 crashes into Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H at the start

Após tratar como "absurdo" o fato de Sebastian Vettel ter sido mais veloz no Q2 do que em sua volta mais rápida no Q3 no GP de Mônaco, o chefão da Ferrari, Maurizio Arrivabene, disse que a prioridade atual na escuderia italiana é trabalhar para descobrir o que está dando errado com os pneus.

"Sabemos que o problema está relacionado com o modo como nossos carros funcionam com os pneus. Temos de trabalhar para solucionar isso pois se não conseguimos largar nas posições de frente então vamos enfrentar outros problemas", afirmou. 

"Veja o que aconteceu na prova em Mônaco. Para tentar recuperar posições tivemos de adotar uma estratégia agressiva e isso nos colocou atrás de Felipe Massa, que não deveria ser nosso rival. A escolha da estratégia foi correta, mas seria algo que não teríamos de fazer se nossa classificação tivesse sido melhor". 

Especula-se nos bastidores da F-1 que algumas escuderias estão obtendo vantagem por meio da melhor administração da pressão dos pneus, que foi aumentada esta temporada por conta de medidas de segurança.  No último final de semana, Motorsport.com revelou que uma das teorias é que algumas equipes, após as medições oficiais, estariam diminuindo a pressão dos pneus utilizando-se de uma melhor gestão da temperatura das rodas.

Em Mônaco, o chefe dos engenheiros de pista da Ferrari, Jock Clear, foi visto observando o modo como os rivais estavam operando suas rodas e pneus.

"Isso é um assunto que merece ser tratado com todos os detalhes", afirmou Arrivabene sobre a importância da questão da pressão dos pneus e suas consequências para a performance geral. 

compartilhar
comentários
Red Bull espera salto maior com motor no Canadá e em Baku

Artigo anterior

Red Bull espera salto maior com motor no Canadá e em Baku

Próximo artigo

Ricciardo volta a sorrir após pilotar Williams histórica

Ricciardo volta a sorrir após pilotar Williams histórica
Carregar comentários