Fórmula 1
R
GP de Eifel
09 out
Próximo evento em
19 dias
R
GP de Portugal
23 out
Próximo evento em
33 dias
04 dez
Próximo evento em
75 dias
R
GP de Abu Dhabi
11 dez
Próximo evento em
82 dias

Renault negocia com FIA a possibilidade de fazer teste com Alonso em 2020

compartilhar
comentários
Renault negocia com FIA a possibilidade de fazer teste com Alonso em 2020
Por:

A equipe quer mudar as regras do teste de pós-temporada de Abu Dhabi, que está aberto apenas a novatos neste ano

Depois de dois anos fora, Fernando Alonso já está confirmado no grid da Fórmula 1 para 2021, em sua terceira passagem pela Renault, equipe pela qual conquistou seus dois mundiais. E a equipe francesa, que passará a se chamar Alpine na próxima temporada, está conversando com a Federação para ver se consegue realizar um teste com o espanhol ainda em 2020.

A melhora na performance da Renault levou a um crescente interesse de Alonso pela equipe, acreditando que um retorno no próximo ano pode ter resultados melhores do que o esperado.

Leia também:

Em uma entrevista exclusiva ao Motorsport.com, o chefe da Renault, Cyril Abiteboul, disse que a fome de Alonso por voltar aumentou o interesse da equipe em colocar o espanhol no carro atual antes do fim do ano. Porém, uma saída em treino livre de sexta foi descartada.

"Inicialmente, a ideia era de colocar ele no carro quando desse. Mas agora eu sinto que ele está querendo uma oportunidade, mesmo com o carro atual. Então estamos olhando, buscando uma oportunidade".

"Não estamos falando de um TL1 porque ele não precisa disso, dessa exposição. E precisamos organizar uma oportunidade ideal. Mas gostaríamos de vê-lo no carro porque é notável que ele tem interesse".

Porém, a relutância da Renault em ceder um TL1 para Alonso deixa a equipe com poucas oportunidades, porque o regulamento de testes sofreu modificações nesse ano por causa da pandemia.

Anteriormente, o teste de pós-temporada em Abu Dhabi era realizado ao longo de três dias e usado como espaço para pilotos jovens, além de análise dos pneus para a próxima temporada. 

Porém, com a manutenção quase total dos pneus da Pirelli para o ano que vem, as equipes concordaram que o teste em Yas Marina seja reduzido para apenas um dia, com foco em pilotos jovens.

O regulamento diz que as equipes podem ter dois carros para o dia e um cláusula determina que os pilotos elegíveis para o teste "não podem ter competido em mais de dois GPs de F1 ao longo de sua carreira, a menos que aprovado pela FIA".

Isso significa que a Renault pretender ter a vasta experiência de Alonso para o teste, mas, para isso, precisa de permissão da FIA ou para ter o espanhol no carro ou para mudar o formato do teste.

Perguntado se o teste em Abu Dhabi seria a melhor chance, Abiteboul disse: "Sim, absolutamente. Temos que ver se é possível por causa dos critérios determinados. Então estamos falando com a FIA sobre isso".

Com várias trocas de pilotos para o próximo ano, não é impossível que a Renault não esteja sozinha nessa situação, buscando adquirir quilometragem com os pilotos de 2021 em Abu Dhabi.

RETA FINAL: Hamilton investigado, polêmica sobre relargada e má fase da Ferrari, com Rafael Suzuki

PODCAST: Vitória de Gasly prova que F1 é ambiente 'onde os fracos não têm vez'?

 

FIA descarta investigação sobre manifestação de Hamilton, que se pronuncia: "Não vou parar"

Artigo anterior

FIA descarta investigação sobre manifestação de Hamilton, que se pronuncia: "Não vou parar"

Próximo artigo

Diretor de prova da F1 detona críticas de Hamilton sobre relargada em Mugello: "Tomo como ofensa pessoal"

Diretor de prova da F1 detona críticas de Hamilton sobre relargada em Mugello: "Tomo como ofensa pessoal"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Equipes Renault F1 Team
Autor Jonathan Noble