Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
64 dias
06 mai
Próximo evento em
106 dias
20 mai
Próximo evento em
120 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
134 dias
10 jun
Próximo evento em
141 dias
24 jun
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
162 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
176 dias
29 jul
Próximo evento em
190 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
218 dias
02 set
Próximo evento em
225 dias
09 set
Próximo evento em
232 dias
23 set
Próximo evento em
246 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
253 dias
07 out
Próximo evento em
260 dias
21 out
Próximo evento em
274 dias
28 out
Próximo evento em
281 dias
05 nov
Próximo evento em
289 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
302 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
317 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
326 dias

Todt se diz perplexo com críticas de pilotos ao halo

compartilhar
comentários
Todt se diz perplexo com críticas de pilotos ao halo
Por:

Presidente da FIA diz que não entende as críticas dos pilotos ao halo, dizendo que o esforço para tê-lo na F1 foi pensando neles

McLaren MCL32 Halo cockpit
Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1 W09
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H

Alguns dos principais pilotos da F1 criticaram continuamente a aparência da halo, que se tornou obrigatório para este ano. Kevin Magnussen sugeriu recentemente que o design "feio" poderia causar problemas em pistas com mudanças de elevação, como o Spa.

No entanto, o presidente da FIA, Jean Todt está impressionado com essas observações, e deixou claro que os pilotos não tinham o direito de falar algo contra o dispositivo porque a Grand Prix Drivers 'Association (GPDA) havia trabalhou muito para que o halo fosse introduzido.

"São lembranças curtas e foi um pedido dos pilotos", disse Todt, durante entrevista coletiva em Londres nesta terça-feira. "Em 16 de dezembro de 2015, recebi uma carta assinada por diretores da GPDA Jenson Button, Sebastian Vettel e Alex Wurz, nos pedindo que decidam por proteção de cabeça para os pilotos. E eu disse: "Nós estamos lá. Ouviremos.”

"Imediatamente pedimos às pessoas técnicas como uma prioridade para ver o que poderia sair. E, em 27 de julho de 2016, os pilotos sabiam que uma reunião aconteceria e eles disseram: "Não seja fraco. Por favor, respeite o que lhe pedimos sobre segurança ". Então nos comprometemos a levar isso em consideração."

Ele acrescentou: "Devo dizer que estou muitosurpreso, e você sabe que adoro a F1, mas odeio essa parte da F1. Você tem pessoas que não mantém sua palavra. Para mim, estamos falando sobre o maior trunfo da vida: é a lealdade e ter palavra e o respeito do que você tem feito.”

"Nós respeitamos isso e alguns esqueceram isso, mas é aí que estamos."

Crítica pública "não é boa para o esporte"

Quando perguntado sobre os comentários recentes do chefe da Mercedes, Toto Wolff, sugerindo que ele gostaria de cortar o halo com uma "motosserra", Todt disse: "Não reagirei ao que foi dito. É simplesmente um jogo infantil.”

"Para mim, a crítica construtiva é sempre boa porque isso faz você avançar. Mas a crítica pública que não é boa para o esporte, eu não vejo valor."

Todt acrescentou que a FIA seria negligente em seus deveres se não apresentasse um dispositivo de segurança como o halo.

"Para mim, o halo não é problema", disse ele. "Estou impressionado ao ouvir que algumas pessoas dizem que as corridas a motor devem ser perigosas e se um acidente fatal acontecer, acontece. Mas se podemos evitar isso, por que não devemos proteger a vida de quem quer que seja?

"O halo é um dispositivo de segurança. É a atitude humana ser relutante em mudar, mas uma vez que conhecemos a mudança, depois de muitas experiências e muitos testes, devemos implementá-lo.”

"Você pode imaginar como todos nós sentiremos se algo acontecesse e se nós tivéssemos o halo, isso não teria acontecido?"

Calderón: “Sauber deixou claro que preciso render neste ano”

Artigo anterior

Calderón: “Sauber deixou claro que preciso render neste ano”

Próximo artigo

Vettel diz que ritmo de corrida de rivais pode ser enganoso

Vettel diz que ritmo de corrida de rivais pode ser enganoso
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble