MotoGP: Márquez e Honda vivem "drama" com quedas em 2021; entenda

Piloto lidera estatística ruim em atual temporada e equipe japonesa tem seu pior início desde a criação da divisão de competição

MotoGP: Márquez e Honda vivem "drama" com quedas em 2021; entenda

Marc Márquez sofreu mais três quedas no GP da Grã-Bretanha e lidera essa estatística na MotoGP em 2021, junto a sua equipe, Honda. Dizer que a marca está passando pelo pior momento em décadas não é mais novidade. Em 2020, ela completou sua pior temporada na categoria rainha desde a criação de sua atual divisão de competição, Honda Racing Corporation (HRC), em 1982, e fechou o ano sem vencer pela primeira vez.

O último campeonato foi marcado pela lesão do espanhol logo na etapa inicial, em Jerez. Ele voltou as pistas este ano, em Portimão, depois de 265 dias fora, para resgatar a montadora japonesa de seu pior início, onde pela primeira vez na história da HRC não colocou um piloto no top 4 nos dois GPs que abrem o mundial.

Leia também:

A volta de Márquez só serviu para acalmar um pouco os ânimos. A RC213V de 2021 provou ser uma moto crítica - conforme definida por seus próprios pilotos - com a qual é muito fácil de bater. Tudo isso levou o espanhol a dar um alerta para a Honda em Assen, pedindo "para melhorar a eletrônica por questão de segurança", após sofrer forte queda, muito parecida com a que causou a lesão que o tirou do trabalho por oito meses.

Essa foi apenas mais uma na longa lista que o hexacampeão acumula. Com as três sofridas em Silverstone, tem agora 16 e lidera o ranking da MotoGP, apesar de ter ficado de fora de duas etapas.

Marc Marquez, Repsol Honda Team, Jorge Martin, Pramac Racing, crash

Marc Marquez, Repsol Honda Team, Jorge Martin, Pramac Racing, crash

Photo by: Dorna

Além dos lampejos de genialidade Márquez em Sachsenring para vencer e a pole de Pol Espargaró na Grã-Bretanha, os números da Honda não enganam. Seu melhor piloto na classificação é Marc, em 12º com 59 pontos e quedas em cinco das dez corridas que disputou na temporada.

Se suas estatísticas deste ano são ruins, as da equipe não são melhores. A RC213V está "arrastando" seus pilotos para o chão. Márquez (16), Espargaró (15), Takaaki Nakagami (6), Alex Márquez (11) e Stefan Bradl (1) somam 49 das 169 quedas vistas em 2021 no MotoGP.

"É claro que não estou pilotando como antes. Este ano não estou conseguindo nada. Coisas que nos últimos saíam de olhos fechados, agora não mais. É hora de seguir em frente. O mais fácil nessas situações é jogar a toalha e em nenhum momento eu fiz isso", disse Márquez.

F1 em Spa: HIPOCRISIA dos PONTOS, MOTIVOS para a NÃO-corrida, PISTOLADA de pilotos, TAPETÃO e causos

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

TELEMETRIA: Quem vai se dar bem na segunda metade da temporada de 2020 da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
MotoGP: Yamaha confirma retorno de Dovizioso na SRT a partir de Misano

Artigo anterior

MotoGP: Yamaha confirma retorno de Dovizioso na SRT a partir de Misano

Próximo artigo

MotoGP: Viñales estreará na Aprilia no GP de Aragón

MotoGP: Viñales estreará na Aprilia no GP de Aragón
Carregar comentários