MotoGP - Miller critica replays do acidente fatal de Dupasquier na TV: "Inaceitável"

Piloto revelou que, durante um jantar na Ducati, fez com que as televisões fossem desligadas após ver "dez replays do acidente"

MotoGP - Miller critica replays do acidente fatal de Dupasquier na TV: "Inaceitável"

O piloto da Ducati na MotoGP, Jack Miller, disse que a cobertura televisiva da categoria no último final de semana, mostrando replays constantes do acidente da Moto3 em Mugello que levou à morte de Jason Dupasquier, foi "inaceitável".

No sábado, o piloto suíço de 19 anos esteve envolvido em um gravíssimo acidente durante a classificação da Moto3 e acabou não resistindo aos ferimentos, com sua morte confirmada na manhã do domingo.

Leia também:

No momento do acontecido, um replay do acidente foi exibido na transmissão internacional, antes da exibição de imagens ao vivo do trabalho feito pelo resgate médico, com os dois sendo intercalados durante todo o período de bandeira vermelha. 

Miller não ficou feliz com isso no sábado, admitindo que, à noite, ele fez com que as TVs da área de hospitalidade da Ducati fossem desligadas devido à quantidade de repetições do acidente.

"No sábado, tive um jantar e a TV estava ligada na Sky na área de hospitalidade, e eu fiz as pessoas desligarem todas as TVs porque, no final, eu vi dez replays do acidente", disse Miller, visivelmente irritado.

"E acho que isso é inaceitável, acima de qualquer coisa. Você não sabe mais sobre a situação, não sabe o que está acontecendo. Todos estávamos torcendo e rezando e para eles ficarem repetindo isso... essa merda não deveria acontecer. Mesmo que tenham acesso ao vídeo, não deveria estar ali".

"Mas esse é o mundo que vivemos no momento, é tudo sobre visibilidade e obter números".

Companheiro de Miller na Ducati, Francesco Bagnaia criticou a própria MotoGP após a prova do domingo por ter mantido a corrida apesar da confirmação da morte de Dupasquier. Danilo Petrucci, da KTM, disse que "se sentia sujo" por isso, criticando a categoria por tomar uma decisão unilateral, sem consultar os pilotos sobre um possível cancelamento.

A cobertura televisiva de acidentes já foi muito criticada anteriormente, mais notavelmente após o terrível acidente entre Johann Zarco e Franco Morbidelli no GP da Áustria de 2020, com as motos descontroladas quase acertando Valentino Rossi e Maverick Viñales.

E a discussão vai além da MotoGP, com Daniel Ricciardo criticando a Fórmula 1 no final de 2020 sobre o mesmo tópico, acerca do acidente de Romain Grosjean no GP do Bahrein.

Vencedor do GP da Itália, Fabio Quartararo afirmou no sábado após o acidente que imagens ao vivo do atendimento a Dupasquier "não eram legais" de ver, mas disse que não é uma situação fácil para a transmissão.

"Na verdade, no ano passado, acho que foi na Áustria que vimos a batida diversas vezes, e hoje acho que vi uma ou duas vezes. Mas também vimos o ao vivo, o helicóptero. Não é uma cena legal de ver minutos antes de sair da garagem para andar a 350 km/h".

"Mas acho que não é fácil para nós e não é fácil para as TVs. Então, sim, algumas vezes você precisa resetar quando vai começar, tentando focar no seu trabalho".

Brad Binder, da KTM, acredita que a cobertura de acidentes também pode ser positiva porque pode "acalmar" um piloto se ele vê "algum movimento" dos envolvidos.

Perguntado pelo Motorsport.com se a transmissão precisa ter um certo cuidado com os pilotos e mudar suas práticas em situações do tipo, ele disse: "É uma questão muito difícil, para ser honesto, e não tenho uma resposta para isso".

"Não é legal de ver mas, ao mesmo tempo, também é bom ver quando as coisas se acertam e você vê algum movimento ali ou algo do tipo. Isso te acalma. Mas é como as coisas são".

Helio Castroneves: LENDA em INDIANÁPOLIS 'dá carona' em pista MÍTICA e ENSINA os seus SEGREDOS

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: O que a liderança inédita de Verstappen representa na F1?

 

compartilhar
comentários
MotoGP: KTM renova com Binder por três temporadas
Artigo anterior

MotoGP: KTM renova com Binder por três temporadas

Próximo artigo

MotoGP 2021: Confira horários e como assistir ao GP da Catalunha em Barcelona

MotoGP 2021: Confira horários e como assistir ao GP da Catalunha em Barcelona
Carregar comentários