F1: Alpine confirma estreia de Zhou no TL1 do GP da Áustria

Zhou, que lidera a F2, será apenas o segundo piloto chinês a participar de um fim de semana da F1

F1: Alpine confirma estreia de Zhou no TL1 do GP da Áustria

O segundo final de semana no Red Bull Ring trará uma novidade nas pistas, pelo menos na sexta-feira. A Alpine confirmou que o piloto de sua Academia e atual líder da Fórmula 2, Guanyu Zhou, fará sua estreia na Fórmula 1, correndo o primeiro treino livre para o GP da Áustria com a equipe.

Zhou, que é companheiro de equipe de Felipe Drugovich na F2, vem fazendo testes privados em carros de F1 de forma regular nos últimos meses, cumprindo seu programa com a Academia da Alpine, seguindo o trabalho que já fazia com a Renault. Atualmente, ele é também o piloto de testes da equipe na F1.

Leia também:

No ano passado, Zhou andou com o carro da Renault no teste de pós-temporada em Abu Dhabi, mas agora terá a chance de andar com o carro de 2021 de Fernando Alonso no primeiro treino livre no Red Bull Ring.

"Pilotar no TL1 em um final de semana de GP de Fórmula 1 é como um sonho tornando-se realidade, e é mais um passo em meu objetivo de virar piloto de F1", disse Zhou.

"Será um momento muito especial. Estou me preparando o máximo possível para estar pronto, garantindo que completarei todos os objetivos e planos que a equipe preparou para mim. Não tivemos muitos pilotos chineses na F1, então estar atrás do volante de um carro no fim de semana de corrida será um momento de muito orgulho".

"Será ainda mais especial pelo fato de estar guiando o carro de Fernando, alguém que me inspirou tanto a perseguir uma carreira no esporte quando era jovem. Estou muito feliz com minhas conquistas até aqui e agradeço muito o apoio de todos ao meu redor. Meu objetivo é maximizar essa oportunidade e mal posso esperar".

Zhou será apenas o segundo piloto chinês a se envolver com um final de semana na F1. Antes dele, apenas Ma Qing Hua chegou a participar de cinco TL1s entre 2012 e 2013 com a HRT e a Caterham.

O líder da F2 tem experiência com carros recentes da F1 no Red Bull Ring. Em setembro do ano passado, ele esteve presente em um teste de dois dias com uma Renault de 2018.

O CEO da Alpine, Laurent Rossi, sente confiante que a experiência de pilotar um carro de F1 durante um fim de semana de GP beneficiará muito o jovem piloto.

"O desafio para jovens pilotos para chegar à F1 é incrivelmente duro, e estamos orgulhosos por apoiar esses talentos no caminho. Em seu papel como piloto de testes, Guanyu participou de sessões de teste e simulador, então fazer um treino livre com o carro atual é um passo lógico e importante para uma das maiores estrelas de nossa Academia".

"Essa experiência o ajudará muito, enquanto ele faz progressos sólidos a caminho do objetivo maior, que é ser piloto titular na F1".

Com a renovação de Esteban Ocon confirmada antes do GP da França, a Alpine já fechou sua dupla de pilotos para 2022, com Fernando Alonso em um contrato de múltiplas temporadas. Mas a equipe já disse que buscará opções para ter Zhou no grid caso ele consiga os pontos suficientes na superlicença.

No momento, Zhou lidera a F2 com cinco pontos de vantagem para outro piloto da Academia da Alpine, Oscar Piastri. Zhou venceu duas vezes na temporada na corrida três do Bahrein e na primeira de Mônaco.

F1 AO VIVO: Verstappen DOMINA o GP DA ESTÍRIA, com Hamilton em um DISTANTE segundo | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Sequência de corridas até férias da F1 será chave para campeonato?

 

compartilhar
comentários
F1 - Alonso fala sobre futuro: "Seguramente estarei aqui em 2024"
Artigo anterior

F1 - Alonso fala sobre futuro: "Seguramente estarei aqui em 2024"

Próximo artigo

F1: Conheça as atualizações da Red Bull que deixaram a Mercedes 'para trás'

F1: Conheça as atualizações da Red Bull que deixaram a Mercedes 'para trás'
Carregar comentários