F1: Verstappen "não se incomoda" com jogos mentais e fala sobre respeito mútuo por Hamilton

Segundo o holandês, o melhor é que ambos foquem apenas no que é possível fazer dentro das pistas

F1: Verstappen "não se incomoda" com jogos mentais e fala sobre respeito mútuo por Hamilton

Max Verstappen diz que "não se incomoda" com os jogos mentais contra Lewis Hamilton, mas acredita que o respeito entre eles seguirá durante a luta pelo título da Fórmula 1 deste ano.

No momento, Verstappen lidera pela primeira vez o Mundial de Pilotos, após sua importante vitória em Mônaco, mas possui apenas quatro pontos de vantagem para seu rival da Mercedes.

Leia também:

Após a corrida, Verstappen disse que "ações dizem mais do que palavras", no que parecia ser uma cutucada em Hamilton, que havia dito mais cedo naquela semana que Verstappen "talvez tivesse muito a provar".

Hamilton respondeu tanto a Verstappen quanto a Christian Horner, chefe da Red Bull, afirmando que jogos mentais são "infantis" e que não tinha interesse em entrar em uma guerra declaratória com Verstappen.

Hamilton e Verstappen se encontraram na pista em quatro das cinco corridas do ano até aqui, com a dupla dividindo um respeito mútuo dentro do carro, evitando qualquer tipo de incidente.

Perguntado se estava preparado para o crescimento dos jogos mentais na luta com Hamilton, Verstappen buscou se distanciar disso.

"Se isso vir, não me incomodo para ser honesto, com esses jogos mentais. Acho que Lewis disse após a corrida que não quer entrar nisso. Então temos apenas que focar no que fazemos dentro das pista, e acho que fazemos isso, o que é o melhor".

"Independente do que ele tenha dito [na coletiva], algumas vezes, no fim do dia, pode ser algo movido pela emoção, e vale para antes também. Tudo depende também de como a pergunta é feita".

"Então está tudo bem. Acho que Lewis e eu, nós nos respeitamos, e isso é muito importante".

Max Verstappen, Red Bull Racing at press conference

Max Verstappen, Red Bull Racing at press conference

Photo by: FIA Pool

Em Mônaco, Hamilton sofreu para terminar em sétimo, com a Mercedes sem ter como igualar o ritmo da Red Bull, fazendo com que ele perdesse os 14 pontos que havia construído de vantagem para Verstappen.

Mas Verstappen não está convencido de que a Mercedes tem um ritmo inferior ao da Red Bull em pistas normais, acreditando que a equipe alemã possui uma vantagem.

"Eu ainda acho que, em pistas normais, eles estão à nossa frente. Mas também acho que, até aqui nesta temporada, tivemos um ótimo início comparado ao passado".

"Precisamos manter isso, precisamos seguir melhorando, trazendo novas peças para o carro o tempo todo para melhorar. Acho que temos uma boa chance. Mas, até aqui, estar liderando o campeonato é algo muito positivo".

F1 2021: O QUEBRA-CABEÇAS das equipes e pilotos na DESAFIADORA Baku com RICO PENTEADO | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast- Quais os episódios fora da F1 que mais marcaram nossas vidas?

 

 

compartilhar
comentários
F1: Bottas perde quinta em Baku com problemas em voo na Finlândia

Artigo anterior

F1: Bottas perde quinta em Baku com problemas em voo na Finlândia

Próximo artigo

F1 - Norris revela que não consegue pilotar McLaren como gostaria: "Tive que me adaptar a muitas coisas"

F1 - Norris revela que não consegue pilotar McLaren como gostaria: "Tive que me adaptar a muitas coisas"
Carregar comentários