F1: Wolff pede "bom senso" após comentários de Marko sobre comissários

Chefe da Mercedes respondeu comentários do consultor da Red Bull afirmando que comissários eram tendenciosos à Hamilton e a equipe alemã

F1: Wolff pede "bom senso" após comentários de Marko sobre comissários
Carregar reprodutor de áudio

Lewis Hamilton e Max Verstappen se envolveram em uma série de incidentes no GP da Arábia Saudita de Fórmula 1 que renderam duas penalizações ao holandês e uma série de críticas por parte da Red Bull, especialmente do consultor Helmut Marko, que afirmou que os comissários favorecem a equipe alemã. Mas o chefe da Mercedes, Toto Wolff, rebateu as alegações de Marko, afirmando que é importante analisar os incidentes com "bom senso".

Após ser alertado para devolver a posição para Hamilton por uma manobra fora da pista, Verstappen foi punido com 5s. Posteriormente, ele foi punido com mais 10s pela colisão entre os dois, com os comissários determinando uma "frenagem errática" quando tentou devolver a posição ao rival.

Leia também:

Em entrevista ao Motorsport.com, Marko disse após a corrida que a equipe sentia que não tinha o mesmo tratamento dos comissários, citando o fato de Hamilton andar mais lento no caminho à primeira relargada, além de forçar Verstappen para fora da pista na última curva como incidentes não analisados.

Marko também não estava feliz que Hamilton se livrou de uma punição pelo incidente com Nikita Mazepin na sexta, falando: "É um processo de decisão muito tendencioso para um lado que temos aqui".

Helmut Marko, Consultant, Red Bull Racing

Helmut Marko, Consultant, Red Bull Racing

Photo by: Simon Galloway / Motorsport Images

Questionado pelo Motorsport.com sobre sua visão acerca dos comentários de Marko, Wolff disse: "É preciso buscar fundo para encontrar coisas que foram feitas contra Max hoje. Não posso comentar sobre o que eles disseram".

"Acho que no Brasil sentimos que foram duros contra nós, com a desclassificação para a sprint. Quem imaginaria que daríamos a volta por cima? Acho que Lewis poderia ter feito três pontos naquela prova, e não fez nenhum. E seriam pontos valiosos".

"Alguém sempre ficará descontente com as coisas. Estou tentando, mesmo com minha posição nisso, tentando olhar para as coisas com bom senso. Acho que no calor do momento nem sempre sou bem-sucedido".

Hamilton e Verstappen chegam a Abu Dhabi no domingo empatados, mas ambos já se envolveram em incidentes nos últimos GPs que levaram a investigações pelos comissários.

No Brasil, Hamilton foi excluído da classificação após seu carro não passar na inspeção técnica, dando a volta por cima para vencer após uma batalha intensa com Verstappen. Já Verstappen foi punido no Catar por não desacelerar em zona de bandeira amarela dupla, enquanto Hamilton foi convocado mais de uma vez no GP da Arábia Saudita por incidentes pré-corrida.

TELEMETRIA: Quem conquista o título da F1 no próximo fim de semana: Verstappen ou Hamilton?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #151: Hamilton x Verstappen é a maior decisão da história da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
TELEMETRIA: Quem conquista título da F1 no próximo fim de semana: Verstappen ou Hamilton?
Artigo anterior

TELEMETRIA: Quem conquista título da F1 no próximo fim de semana: Verstappen ou Hamilton?

Próximo artigo

F1: Emerson Fittipaldi diz que acidente de Enzo lembrou o de Paletti em 1982

F1: Emerson Fittipaldi diz que acidente de Enzo lembrou o de Paletti em 1982
Carregar comentários